O professor e o Ensino à Distância - Jornal de Colombo

O professor e o Ensino à Distância

De educação formal para educação domiciliar e à distância. Um novo modelo de ensino que pegou a todos de surpresa. Nunca houve tanta produção em massa de planejamentos e atividades on-line como agora. Pesquisar e dominar as ferramentas tecnológicas? Questão de sobrevivência! Em contraste a isto, professores cansados, ansiosos e inquietos, que fizeram do seu

De educação formal para educação domiciliar e à distância. Um novo modelo de ensino que pegou a todos de surpresa. Nunca houve tanta produção em massa de planejamentos e atividades on-line como agora. Pesquisar e dominar as ferramentas tecnológicas? Questão de sobrevivência! Em contraste a isto, professores cansados, ansiosos e inquietos, que fizeram do seu espaço familiar o seu “Home Office”. 

É evidente que as escolas e professores se reinventaram no período da pandemia. Estamos vivendo momentos intensos de reflexão, revisão e adaptação escolar. As incertezas que permeiam o cenário educacional nos remetem a essas adaptações. Com isso, o desafio torna-se ainda maior na construção de um novo perfil profissional, pois a base do trabalho não é mais a sala de aula: é para além dos muros da escola. A mediação da aprendizagem, já não cabe aos nossos brilhantes professores, está sob a responsabilidade das famílias também. A especificidade do papel do professor se aproxima de administradores de um “ensino programado”.

Como ultrapassar essa barreira? Como evitar o retrocesso á determinadas concepções de ensino já superadas? Fato é que o professor terá que se posicionar como pesquisador, dominar Teoria e Prática para fundamentar suas concepções acerca desse novo modelo de ensino. Não basta serem bons educadores, a demanda em questão é ser eficiente e pesquisador. Apesar de todas as possíveis frustrações e limitações que estamos vivendo nesses aproximados seis meses de distanciamento da sala de aula, vale lembrar e refletir que o professor é insubstituível, e continua sendo o gestor das situações de aprendizagens. A valorização deste profissional pela comunidade escolar e órgãos competentes é um impulso para potencializar o Ensino Remoto. Desenvolver um olhar sensível e reflexivo para o momento que estamos vivendo e se encorajar a transformar o caos em oportunidades, eis a questão!

Posts