Na beirada da Terra - Jornal de Colombo

Na beirada da Terra

Foi num grupo de discussão da Internet que surgiram as primeiras fagulhas e um homem entrou para a história provando definitivamente que a Terra é plana. Pelo menos, provou para esse grupo de “terraplanistas” espalhados pelo globo, ou melhor, pela reta… Sim, existem pessoas que creem piamente que nosso planeta é plano como uma pizza

Foi num grupo de discussão da Internet que surgiram as primeiras fagulhas e um homem entrou para a história provando definitivamente que a Terra é plana. Pelo menos, provou para esse grupo de “terraplanistas” espalhados pelo globo, ou melhor, pela reta…

Sim, existem pessoas que creem piamente que nosso planeta é plano como uma pizza e fica dentro de uma espécie de domo. Segundo essa teoria, a Terra não circunda o Sol e sim, o Sol gira ao redor desse domo, já as águas dos oceanos não caem no espaço pela beirada da Terra porque a Antártida circula toda extensão da Terra criando uma barreira intransponível de gelo que não deixa as águas desabarem para fora do planeta.

Também segundo os terraplanistas, a NASA e os governos do mundo inventaram essa história de terra redonda para enganar a população mundial, uma conspiração que visa enganar a todos, só não sei por quê.

Mas voltando à história do homem que entrou para a história, vamos falar de Teddy Carter, um analista de sistemas americano que após muitos debates nas redes sociais sobre a teoria da conspiração mundial e as evidências da Terra plana, decidiu levantar fundos com outros entusiastas para provarem que suas ideias eram verdadeiras, derrubando de uma vez por todas a grande farsa mundial da Terra redonda.

O grupo conseguiu levantar uma quantia gigantesca de dinheiro e com isso Teddy Carter iria colocar o plano em prática. Um grande avião especialmente fabricado para suportar altas temperaturas e pressão seria usado para que Carter sobrevoasse a Antártida numa linha reta acima das barreiras de montanhas chegando até a beirada da Terra onde registraria o final do planeta e o abismo do espaço.

Depois de dois anos de preparativos finalmente a equipe estava na Patagônia onde Carter saiu numa viagem sem escalas até o fim da Terra. Após dois dias sobrevoando quilômetros e quilômetros de gelo entrou em contato com a base, segundo ele, a beirada da Terra estava se aproximando, mas uma grande tempestade também chegava, provavelmente ao atravessar a tempestade seria possível visualizar onde a Terra terminava.

Porém, essa foi a última transmissão de Teddy Carter que desapareceu misteriosamente e não mais deu notícias.

Para a NASA e os “conspiracionistas” o avião de Teddy Carter caiu em algum lugar da Antártida atingido pela forte tempestade.

Já para os que acreditam na Terra Plana, Carter tornou-se um herói ao ter chegado muito perto da beirada do planeta e cair no espaço sideral.

Para nunca mais voltar.

Posts