Obras da Linha Verde são detalhadas a deputados - Jornal de Colombo

Obras da Linha Verde são detalhadas a deputados

Obras da Linha Verde são detalhadas a deputados

O projeto da Linha Verde e informações sobre o andamento das obras no trecho norte do corredor metropolitano de transporte no eixo da BR-476 (antiga BR-116) foram apresentados, nesta quinta-feira, 20, a representantes da Assembleia Legislativa do Paraná (Alep). No Instituto de Pesquisa e Planejamento Urbano de Curitiba (Ippuc), o deputado estadual Paulo Roberto da

O projeto da Linha Verde e informações sobre o andamento das obras no trecho norte do corredor metropolitano de transporte no eixo da BR-476 (antiga BR-116) foram apresentados, nesta quinta-feira, 20, a representantes da Assembleia Legislativa do Paraná (Alep).

No Instituto de Pesquisa e Planejamento Urbano de Curitiba (Ippuc), o deputado estadual Paulo Roberto da Costa, o Galo, e a assessora do deputado Goura, Luza Basso, estiveram reunidos com o vice-prefeito de Curitiba, Eduardo Pimentel, o presidente do Ippuc, Luiz Fernando Jamur, e o secretário de Obras Públicas, Rodrigo Rodrigues. Também participou,a chefe de gabinete do vereador Mauro Bobato.

O projeto foi apresentado pelo coordenador da Unidade Técnica de Gerenciamento (UTAG), Paulo Socher, que acompanha a implantação da Linha Verde, e o engenheiro Márcio Teixeira. “A reunião para tratar da Linha Verde partiu de um encontro com prefeitos da Região Metropolitana e o governador. O prefeito Rafael Greca determinou a mim, ao Jamur e à equipe técnica apresentar aos deputados as informações sobre o andamento desta grande obra de alcance metropolitano”, explicou o vice-prefeito Eduardo Pimentel.

Segundo o presidente do Ippuc, Luiz Fernando Jamur, a Prefeitura está empenhada na recuperação e no andamento das obras para que sejam entregues conforme o cronograma previsto. “Há três grandes lotes de obras em andamento na Linha Verde. Um dos motivos do alongamento dos trabalhos é que não é possível bloquear a rodovia toda”, disse.

Durante a reunião, o secretário de Obras destacou o impacto causado pela pandemia no andamento dos serviços na Linha Verde. “Quando os primeiros casos de Covid-19 foram confirmados em Curitiba, vínhamos de uma rescisão contratual com a empresa que estava executando os trabalhos e, na sequência, da contratação das construtoras que hoje estão à frente das obras. O agravamento da pandemia, nos obrigou a afastar trabalhadores do grupo de risco e o fornecimento de insumos básicos, como cimento e aço, foi represado, afetando o ritmo dos serviços “, explicou Rodrigo Rodrigues.

A estimativa é que já no próximo mês de junho seja entregue o Lote 3.1 da Linha Verde Norte, com extensão aproximada de 2,46 km, desde a Avenida Victor Ferreira do Amaral ao Rio Bacacheri. O Lote 3.2 Linha Verde Norte, da Trincheira Fulvio Alice, que forma o binário com a Gustavo Rattman/José Zgoda, na ligação com o Bairro Alto por baixo da Linha Verde, deverá ser finalizado no segundo semestre, com previsão para setembro de 2021.

Posts