EstaR eletrônico registra 45 mil operações - Jornal de Colombo

EstaR eletrônico registra 45 mil operações

EstaR eletrônico registra 45 mil operações

Desde o início do funcionamento do novo sistema que automatiza a utilização de vagas regulamentadas em Curitiba, no dia 16 de março, o EstaR Eletrônico já registrou 45 mil operações. O número é considerado alto, principalmente porque os bloquinhos de papel seguem sendo utilizados até o dia 10 de maio. A partir desta data, o

Desde o início do funcionamento do novo sistema que automatiza a utilização de vagas regulamentadas em Curitiba, no dia 16 de março, o EstaR Eletrônico já registrou 45 mil operações. O número é considerado alto, principalmente porque os bloquinhos de papel seguem sendo utilizados até o dia 10 de maio. A partir desta data, o serviço será exclusivamente digital. A URBS (Urbanização de Curitiba) ainda vai avaliar a necessidade de prorrogação deste prazo por conta da pandemia. “Estamos acompanhando de perto os efeitos das medidas adotadas para conter o avanço da Covid-19. O EstaR eletrônico começou na semana seguinte à chegada da pandemia aqui em Curitiba”, disse Vilson Kimmel, gestor da área de Tecnologia da Informação do município.

Até o momento, cada aplicativo homologado para oferecer o EstaR eletrônico já registrou em média 100 mil downloads e podem ser baixados em smartphones e aparelhos nas plataformas Android e iOS. No total, são nove aplicativos, mas por enquanto, apenas sete estão ativos e disponíveis: Faz Digital Curitiba, El Parking, Zul EstaR Digital, EstaR Digital Zazul, Meu EstaR, Transitabile e Estacionamento Digital. Para quem não possui celular, ou até mesmo por alguma razão ficou sem a possibilidade de usar o aparelho, há ainda 160 pontos comerciais e de serviços que estão habilitados a vender créditos. A lista de estabelecimentos, que inclui restaurantes, papelarias, farmácias, entre outros, pode ser acessada no site da URBS. O número de pontos disponíveis deve ser ampliado, assim que o comércio tiver suas atividades normalizadas. Nas ruas onde não há pontos comerciais, está prevista a instalação de totens para a venda de créditos. Atualmente, Curitiba conta com 12.088 vagas tarifadas de estacionamento. 

Funcionamento

Para usar o EstaR Eletrônico, o motorista terá que comprar o crédito por aplicativo de celular ou em pontos de venda físicos e indicar o local onde irá deixar o veículo, a placa e o tempo de permanência. Os créditos serão fracionados de 15 em 15 minutos, diferentemente do sistema em papel. A fração de 15 minutos de estacionamento custará R$ 0,75 e a hora cheia R$ 3. Caso tenha que mudar o carro de área, uma nova compra terá que ser feita. O usuário que ainda tem bloquinhos tem até 10 de junho para trocá-los por créditos do EstaR Eletrônico. A troca poderá ser feita nos postos da Urbs da Rodoferroviária (sede) e das Ruas da Cidadania. “Estamos fazendo uma transição gradualmente para que o usuário se familiarize com o sistema eletrônico”, disse o presidente da Urbs, Ogeny Pedro Maia Neto. No entanto, vale ressaltar uma grande diferença em relação ao sistema antigo. Em caso de notificação por estacionamento irregular, o usuário poderá regularizar a situação antes de ser multado, mas não será mais possível reverter em créditos.

 

Posts