Empresa com 48 casos de Covid-19 é interditada em SJP - Jornal de Colombo

Empresa com 48 casos de Covid-19 é interditada em SJP

Empresa com 48 casos de Covid-19 é interditada em SJP

Na tarde do último sábado, 30 de maio, a Prefeitura de São José dos Pinhais interditou uma empresa localizada às margens da BR 376, no bairro Contenda. O motivo da ação foi o diagnóstico positivo para Covid-19 em 48 funcionários. De acordo com as informações divulgada pela Prefeitura, a empresa IG Transmissão e Distribuição de

Na tarde do último sábado, 30 de maio, a Prefeitura de São José dos Pinhais interditou uma empresa localizada às margens da BR 376, no bairro Contenda. O motivo da ação foi o diagnóstico positivo para Covid-19 em 48 funcionários. De acordo com as informações divulgada pela Prefeitura, a empresa IG Transmissão e Distribuição de Energia presta serviço terceirizado à Copel. A interdição contou com o apoio da Guarda Municipal. 

Diagnóstico

Na manhã de sexta-feira, 29, mais de dez pessoas foram atendidas na Unidade de Atendimento Avançado Rui Barbosa, exclusiva para atendimento de síndromes respiratórias em São José dos Pinhais. O grupo teria chegado ao local em um microônibus. “À medida que foram sendo atendidos e testados, uma grande parte deu positivo. Eles relataram morar no alojamento da empresa, que conta com cerca de 115 funcionários que dividem as dependências. Realizamos testes em todos e também em alguns que prestam serviço mas não moram no local, sendo realizados cerca de 140 testes, dos quais até agora 48 atestaram positivo”, detalhou a secretária de Saúde do município, Débora Chemin.

Medidas

Após a interdição, o Departamento de Promoção e Vigilância, vinculado à Secretaria de Saúde, notificou a empresa com todas recomendações que devem ser tomadas dentro de 14 dias. “A empresa deve separar as pessoas contaminadas das que não estão e todos os funcionários estão proibidos de deixar as dependências da empresa por qualquer motivo, a não ser para atendimento médico. Também os prestadores de serviço e aqueles que não estão alojados, mas trabalham no local deverão se manter em isolamento por 14 dias para assegurar que não estão contaminados. A empresa deverá tomar todas as medidas de higiene e assepsia nesse período e prestar todo o atendimento a esses funcionários”, explicou o diretor do departamento Odevair Mathias.

Em comunicado no site oficial, a Prefeitura de São José dos Pinhais afirmou que vai acompanhar a situação da empresa e o cumprimento das determinações. Além disso, a região onde a empresa está localizada também deve receber um reforço no monitoramento.

Posts