Curitiba inaugura segundo hospital exclusivo para Covid-19 - Jornal de Colombo

Curitiba inaugura segundo hospital exclusivo para Covid-19

Curitiba inaugura segundo hospital exclusivo para Covid-19

Nesta quarta-feira, 15, o segundo hospital exclusivo para tratamento da Covid-19 em Curitiba inicia suas atividades de forma integral. O Instituto de Medicina, no Alto da XV, foi reformado e reativado numa parceria com a Santa Casa de Misericórdia. Na nova estrutura hospitalar serão 110 leitos, 40 UTI e 60 de enfermaria, dos quais 40

Nesta quarta-feira, 15, o segundo hospital exclusivo para tratamento da Covid-19 em Curitiba inicia suas atividades de forma integral. O Instituto de Medicina, no Alto da XV, foi reformado e reativado numa parceria com a Santa Casa de Misericórdia. Na nova estrutura hospitalar serão 110 leitos, 40 UTI e 60 de enfermaria, dos quais 40 (20 UTI e 20 enfermarias) já estão funcionando e recebendo pacientes desde a última sexta-feira, 10.

O primeiro hospital exclusivo para covid-19 em Curitiba é o Vitória, na CIC. Somados ao Instituto de Medicina e a outros leitos na rede hospitalar da capital, Curitiba passará a contar, até o fim de julho, com 782 leitos SUS exclusivo, sendo 352 UTI e 430 enfermarias.

“Sem essa união de esforços seria muito difícil termos em tempo recorde um hospital para atender nosso povo e com tão alta qualidade. Obrigada pela ajuda para superarmos esse momento difícil de pandemia”, disse o prefeito Rafael Greca, durante cerimônia simbólica promovida no Salão Nobre da Prefeitura de Curitiba. O Instituto de Medicina estava desativado e foi reformado especialmente para virar uma unidade da Santa Casa de Misericórdia, contratada da Prefeitura para administrar o local. Para cuidar do novo hospital, a Santa Casa contratou 400 pessoas, entre médicos, enfermeiros, técnicos e outros profissionais. “Foi tudo muito rápido, mas o que nos permitiu essa agilidade é a experiência que temos. Toda a equipe foi treinada e capacitada para essa unidade”, explicou Eduardo Otoni, diretor-geral da Santa Casa de Misericórdia de Curitiba.

Participaram da cerimônia a secretária municipal da Saúde, Márcia Huçulak; dom João Bosco Oliver de Faria, do Pró-Saúde; o padre Wagner Augusto Portugal e o monsenhor Antonio Robson Gonçalves, ambos do Conselho de Administração da Santa Casa de Misericórdia de Curitiba.

Posts