Comec retoma obra do PAC da Copa - Jornal de Colombo

Comec retoma obra do PAC da Copa

Comec retoma obra do PAC da Copa

A Comec (Coordenação da Região Metropolitana de Curitiba) retomou as obras da trincheira da Rua Arapongas, no cruzamento com a Avenida das Torres, em São José dos Pinhais. A obra estava prevista para estar pronta em 2014, ano da Copa do Mundo, por fazer parte do PAC (Programa de Aceleração do Crescimento) da Mobilidade, mas

A Comec (Coordenação da Região Metropolitana de Curitiba) retomou as obras da trincheira da Rua Arapongas, no cruzamento com a Avenida das Torres, em São José dos Pinhais. A obra estava prevista para estar pronta em 2014, ano da Copa do Mundo, por fazer parte do PAC (Programa de Aceleração do Crescimento) da Mobilidade, mas estava paralisada desde 2016, quando a empresa responsável entrou em recuperação judicial. 

Segundo o presidente da Comec, Gilson Santos, a retomada desta obra era uma prioridade de sua gestão. “Devido o tempo que as estruturas ficaram expostas, tivemos que contratar uma perícia técnica que apontasse a real situação de cada intervenção e eventuais ajustes em projetos e contratos. Isso obviamente é um trabalho que exige atenção, responsabilidade e tempo, mas que possibilitou, agora, seguir em frente”, afirmou.

O objetivo da trincheira é proporcionar um rápido acesso do bairro Afonso Pena ao Centro de São José dos Pinhais, descongestionando o tráfego na Rua São José. Além disso, o contrato prevê outras cinco intervenções ao longo da Avenida das Torres. “Temos neste trecho, até a entrada do Aeroporto, outras 5 obras, com complexidades diferentes, e que serão retomadas em momentos distintos. É importante a compreensão dos que trafegam pela região e, mais uma vez, dos moradores do entorno, que já sofreram tanto com estas obras paralisadas por tanto tempo”, disse Gilson.

O valor inicial da obra é de R$ 4,3 milhões de reais, sendo que pouco mais da metade já foi pago. Para a conclusão da trincheira ainda serão investidos cerca de R$ 2 milhões, valor garantido pela Caixa Econômica Federal. O prazo para conclusão é de 10 meses.

Posts