Polícia Militar reforça presença durante isolamento social - Jornal de Colombo

Polícia Militar reforça presença durante isolamento social

Polícia Militar reforça presença durante isolamento social

Após o Governo do Estado declarar Situação de Emergência, a Polícia Militar do Paraná (PMPR) reforçou o policiamento ostensivo com o intuito de fiscalizar o cumprimento do decreto estadual que recomenda o fechamento de comércios, shoppings, academias e outros tipos de estabelecimentos com aglomeração de pessoas. O trabalho teve início ainda na sexta-feira, 20, em

Após o Governo do Estado declarar Situação de Emergência, a Polícia Militar do Paraná (PMPR) reforçou o policiamento ostensivo com o intuito de fiscalizar o cumprimento do decreto estadual que recomenda o fechamento de comércios, shoppings, academias e outros tipos de estabelecimentos com aglomeração de pessoas. O trabalho teve início ainda na sexta-feira, 20, em todo o estado.  

A medida é preventiva e se baseia na determinação governamental para que a população entenda os riscos de contágio e acate as recomendações de saúde, optando pelo isolamento social até que a situação seja contornada. “Estamos trabalhando para que o Paraná não seja acometido em larga escala pelo Coronavírus”, disse o Subcomandante-Geral da PM, coronel Antônio Carlos de Morais. 

Na capital, Curitiba, e também em cidades da Região Metropolitana, como Colombo, viaturas foram vistas realizando avisos à população da importância do isolamento social neste momento para evitar o contágio do coronavírus. As equipes policiais que constatarem o funcionamento desses locais, citados no decreto, farão a abordagem orientando os responsáveis a encerrarem as atividades imediatamente para evitar a aglomeração de pessoas e, consequentemente, reduzir os riscos de disseminação do vírus. “Nos casos em que houver resistência, a equipe policial encaminhará o responsável para lavratura de Termo Circunstanciado e o estabelecimento será fechado. Todas as ações serão registradas com a elaboração do Boletim de Ocorrência”, completou o coronel Morais. 

Posts