Jovem morre vítima de atropelamento na BR-116 - Jornal de Colombo

Jovem morre vítima de atropelamento na BR-116

Jovem morre vítima de atropelamento na BR-116
Vítima não sobreviveu ao impacto e veio a óbito no local.(Foto: Antonio Nascimento/Banda B)

No último domingo (27), por volta das seis horas da manhã, uma jovem de 15 anos de idade foi vítima de um atropelamento na BR-116, próximo ao viaduto Zumbi dos Palmares, em Colombo.

De acordo com o portal Bem Paraná, testemunhas relataram que ela estava caminhando ao lado da rodovia no sentido Campina Grande do Sul, quando tentou atravessar para o outro lado correndo atrás do namorado. Em um momento de descuido, a vítima foi atingida fatalmente por um automóvel Volkswagen SpaceFox.

O casal que estava dentro do veículo prestou socorro e acionou a equipe do Corpo de Bombeiros. A vítima, cuja identidade não será revelada em respeito à família, não resistiu ao impacto e morreu no local. O corpo foi recolhido pelo Instituto Médico Legal (IML).

A jovem morava no bairro Estados, em Fazenda Rio Grande. Sua última postagem nos Stories do Instagram foi em uma casa noturna de Pinhais, durante a madrugada de domingo. Há suspeitas de que ela teria tido uma discussão com o namorado momentos antes da tragédia.

Em seu Instagram, o jovem identificado como namorado da vítima, postou uma homenagem a ela em seus Stories. “Nosso último momento juntos. Eu te amarei eternamente. Logo logo estou com você aí em cima, te fazendo companhia meu amor” disse o jovem.

Procurado pelo Jornal de Colombo, o rapaz, que não quis ser identificado, disse o seguinte: “Minhas palavras não vão influenciar em nada. Ela não vai voltar”. Perguntado sobre uma suposta tentativa de suicídio da parte dele durante o ocorrido, ele emendou — “Esse não é o momento, e nem a hora.”

O enterro ocorreu nesta segunda-feira (28) no cemitério do Jardim das Graças, em Colombo. O padrasto da jovem, Amauri de Lara, esteve presente no local após o acidente e prestou depoimento.

“Muito forte. Uma tragédia muito triste. Como é uma via rápida, é um piscar de olho que a pessoa atravessa. De certo, teve uma discussão e acabou vindo atrás dele, não olhou a via rápida, o que estava acontecendo, e o carro não teve como frear” disse Amauri a reportagem da Banda B. “Parou a vidinha dela ali. Uma menina linda, cheia de sonhos pela frente. A gente fica muito triste, como se fosse pai dela”, lamentou, ainda consternado.

A Polícia Rodoviária Federal (PRF) esteve no local do acidente realizando o isolamento da área e auxiliando na orientação do trânsito para outros motoristas. O caso segue sendo investigado pela Polícia Civil de Colombo.

Posts