Helicóptero com 430 quilos de cocaína é apreendido durante ação no Noroeste - Jornal de Colombo

Helicóptero com 430 quilos de cocaína é apreendido durante ação no Noroeste

Helicóptero com 430 quilos de cocaína é apreendido durante ação no Noroeste

Em uma ação conjunta da Polícia Federal e da Polícia Civil do Paraná (PCPR), com o apoio da Polícia Militar e da Casa Militar, um helicóptero carregando 430 quilos de cocaína foi apreendido na região Noroeste do Estado. Três pessoas foram presas durante a operação, que teve início na sexta-feira, 20 e encerrou no sábado, 21. Segundo

Em uma ação conjunta da Polícia Federal e da Polícia Civil do Paraná (PCPR), com o apoio da Polícia Militar e da Casa Militar, um helicóptero carregando 430 quilos de cocaína foi apreendido na região Noroeste do Estado. Três pessoas foram presas durante a operação, que teve início na sexta-feira, 20 e encerrou no sábado, 21.

Segundo as informações da Secretaria de Estado da Segurança Pública, as equipes policiais federais e civis prenderam dois homens que estavam na cidade de Campo Mourão, que estavam com cerca de 300 litros de combustível de aeronave. De acordo com informações da Polícia Federal, os policiais encontraram ainda documentos relacionados a helicópteros. A partir daí, foram empreendidas buscas para encontrar um helicóptero que estaria com droga. A aeronave da Casa Militar da Governadoria foi emprestada à tripulação do Grupamento de Operações Aéreas da Polícia Civil (GOA), que fez buscas pela região. Também houve a aplicação de um helicóptero do GOA na ação. Depois de duas horas de trabalho, a aeronave da Casa Militar encontrou o helicóptero abandonado em Corumbataí do Sul.

As equipes do 11° Batalhão de Polícia Militar também foram acionadas para ajudar na ocorrência e fizeram buscas para encontrar o piloto do helicóptero. Um homem foi abordado na cidade e teria afirmado que era de São Paulo, estando na região para visitar amigos, mas não soube explicar nomes e endereços das pessoas. A equipe policial fez uma revista pessoal, e na mochila dele encontrou um brevê de piloto com registro na ANAC. O suspeito, então, confessou ser o piloto do helicóptero, alegando ter pego a aeronave em Terra Roxa com destino a São Paulo. 

Posts