Desde 2018, Polícia Civil soluciona 100% dos casos de crianças desaparecidas - Jornal de Colombo

Desde 2018, Polícia Civil soluciona 100% dos casos de crianças desaparecidas

Desde 2018, Polícia Civil soluciona 100% dos casos de crianças desaparecidas

Segundo dados da Secretaria de Estado da Segurança Pública (SESP), a Polícia Civil do Paraná (PCPR) solucionou 100% dos casos de desaparecimento de crianças ocorridos em 2018 e 2019 e no primeiro quadrimestre de 2020. Em 2018, foram registrados 237 casos (24 em Curitiba, 44 na RMC e 169 em outros municípios paranaenses); em 2019, foram outros

Segundo dados da Secretaria de Estado da Segurança Pública (SESP), a Polícia Civil do Paraná (PCPR) solucionou 100% dos casos de desaparecimento de crianças ocorridos em 2018 e 2019 e no primeiro quadrimestre de 2020. Em 2018, foram registrados 237 casos (24 em Curitiba, 44 na RMC e 169 em outros municípios paranaenses); em 2019, foram outros 224 (34 em Curitiba, 40 na RMC e 150 casos no Interior) e em 2020, foram 61 casos nos quatro primeiros meses (9 em Curitiba, 5 na RMC e 47 no Interior).

A delegada Patrícia Paz, responsável pela unidade de Serviço de Investigação de Crianças Desaparecidas (Sicride), acredita que além do trabalho de investigação, a prevenção também é um ponto forte do órgão. “Além do ótimo desempenho na resolução dos casos, a PCPR também realiza trabalhos preventivos, como campanhas para conscientizar da população acerca da temática, bem como orientar os pais ou responsáveis para evitar novos desaparecimentos”, disse. 

Na última segunda-feira, 25, foi o Dia Internacional da Criança Desaparecida, data que tem o objetivo de alertar os cidadãos sobre todas as questões que podem estar relacionadas com o desaparecimento de crianças. Ainda de acordo com os dados do órgão estadual, desde 1982, a PCPR tem 27 casos de crianças que ainda estão desaparecidas. Todos continuam sendo investigados e denúncias recebidas são apuradas pelos policiais civis. 

Serviço

Caso o cidadão precise notificar o desaparecimento de alguém, de qualquer idade, não é necessário esperar 24 horas para fazer o Boletim de Ocorrência (BO). O registro pode ser feito de forma imediata pela internet no Portal da PCPR, em Registrar Ocorrência de Pessoa Desaparecida.

Posts