#5 Valor com Propósito (17/02) - Jornal de Colombo

#5 Valor com Propósito (17/02)

#5 Valor com Propósito (17/02)
(Foto: Reprodução/Google)

Artigo de Opinião – No último ano, o interesse por voluntariado cresceu em 15%

Raphaela Ginefra é formada em Relações Públicas, empreendedora social e sócia co-fundadora da consultoria de impacto social Valor com Propósito

Segundo a ONU (Organização das Nações Unidas), “o voluntário é o jovem ou o adulto que, devido ao seu interesse pessoal e ao seu espírito cívico, dedica parte do seu tempo, sem remuneração alguma, a diversas formas de atividades, organizadas ou não, de bem-estar social ou outros campos”.

De acordo com a Agenda 2030, um plano de ação desenvolvido por 193 países membros da ONU em 2015, o voluntariado é uma das ferramentas principais para alcançar os 17 Objetivos de Desenvolvimento Sustentável, que estão interligados e combinam os maiores desafios globais do desenvolvimento sustentável para o nosso planeta.

As inscrições de trabalho voluntário para a plataforma Atados, que conecta pessoas e organizações para facilitar o engajamento voluntário, aumentaram 15% em 2021 em relação ao ano anterior. Além disso, 761 ONGs foram recém-cadastradas no site, um aumento de 28%, elevando o número total de organizações cadastradas para 3.441.

No final do ano, a Atados divulgou os resultados de uma pesquisa de voluntariado que contou com a participação de 500 brasileiros. De acordo com a pesquisa, 57% das pessoas estão atualmente participando de alguma ação voluntária. Daqueles que não são voluntários atualmente, 72% já foram voluntários no passado e apenas 11,7% nunca haviam feito trabalho voluntário.

As principais razões pelas quais os brasileiros não se voluntariam atualmente incluem: falta de tempo (26%), dificuldade em encontrar uma organização de interesse (16%), não saber onde encontrar vagas de voluntariado (16%) e dificuldade em encontrar uma causa que tenha conexão (15%). Enquanto isso, 41% dos entrevistados disseram que fizeram seu primeiro voluntariado antes dos 18 anos

Dos que já se voluntariaram, 67,3% disseram ter sido incentivados por conhecidos, como familiares, amigos, colegas, grupos religiosos ou universidade. As principais razões para começar são: interesse em ajudar ao próximo (16%); influência de conhecidos (14%); e vontade em apoiar uma causa que tenha conexão (11%).

A pesquisa analisou as razões pelas quais os trabalhos voluntários são mais procurados. Os temas mais populares foram educação e combate à fome e pobreza, seguido por meio ambiente e sustentabilidade. Os perfis dos voluntários brasileiros também foram estudados. De acordo com a pesquisa, 73% dos que se cadastraram na plataforma foram mulheres e 27% foram homens. Quando analisada a faixa etária, os jovens continuam sendo os mais adeptos ao voluntariado, representando, em média, 33% dos cadastrados na plataforma.

O isolamento social e a pandemia do COVID-19 impulsionaram um aumento de mais de 250% na procura por ações de voluntariado no formato virtual, em comparação ao ano anterior. Muito acredita-se que o crescimento nesse período se deu pelo fato de que as pessoas passaram a ter mais tempo disponível e, com o momento atual, passamos por uma reflexão como a sociedade dá importância de nos dedicarmos ao próximo e na diferença que esse trabalho pode trazer para a sociedade como um todo.

E você, tem envolvimento com alguma ação voluntária? Conta pra gente! Se ainda não, que tal procurar alguma iniciativa? Um pouquinho de tempo dedicado, pode fazer uma enorme diferença na vida de quem precisa.

contato@valorcomproposito.com.br

Posts