Zona rural de Colombo demanda integração com área urbana - Jornal de Colombo

Zona rural de Colombo demanda integração com área urbana

Zona rural de Colombo demanda integração com área urbana

A região rural do município de Colombo possui uma importância ímpar para a economia local. Além de contribuir para a geração de emprego e renda com a agricultura e a agricultura familiar, esta área colombense também é explorada de forma turística, sendo um dos principais atrativos da cidade. Além disso, a extensão territorial da zona

A região rural do município de Colombo possui uma importância ímpar para a economia local. Além de contribuir para a geração de emprego e renda com a agricultura e a agricultura familiar, esta área colombense também é explorada de forma turística, sendo um dos principais atrativos da cidade. Além disso, a extensão territorial da zona rural é vasta e substancialmente maior que o da própria área urbana.

Apesar de tudo isso, ainda parece faltar uma integração maior entre a área rural e os principais centros populacionais. Na opinião da candidata a vereadora Milene Strapasson, fisioterapeuta e moradora do bairro Santa Gema, investir no desenvolvimento desta área traria benefícios para a população colombense, incluindo a população que faz limites com a Capital. “Eu acredito que dentro da área rural é preciso haver uma construção das ruas, da malha viária, para ter uma melhor ligação. O Centro de Colombo e o Guaraituba estão divididos por uma área rural, formada pelos bairros Itajacuru, Santa Gema e Imbuial, por exemplo. Se houver o desenvolvimento desses três bairros, vai haver uma melhora muito grande em todo o município, contribuindo para um trânsito mais fluído. Vai desafogar a Rodovia da Uva e vai melhorar também o transporte dos produtores rurais”, exemplifica.

A melhora nas vias também necessitaria de uma melhora no transporte público. Atualmente, há grande limitação da rede de ônibus na região rural. “Também é preciso pensar no transporte público nestas regiões que é deficitário. Esse é um bloqueio que acontece entre as duas regiões e divide o município”, afirma Milene. 

A maior integração entre as regiões do município, segundo ela, traria desenvolvimento direto aos moradores locais. “É preciso acreditar que as pessoas que estão lá no fundo da cidade, em sua roça, também precisam de comércio, serviços e ações do poder público. A área urbana de Colombo precisa ver a Agricultura de uma forma empresarial, também como um campo gerador de emprego. Quando se fala em investimento em infraestrutura, também estamos falando de tecnologia. Na área rural hoje não existe rede de internet, por exemplo, que é necessária para que haja evolução”, destaca. 

Turismo

Além do investimento em infraestrutura, Milene acredita que o reforço no turismo deve ser trabalhada constantemente como um setor importante da economia, tal qual a agricultura. “Temos uma cultura muito rica que não pode se perder. Muitos colombenses nem conhecem o início de Colombo, não conhecem pontos turísticos importantes da própria cidade em que moram. Precisamos continuar com a Festa da Uva e ampliar ações de turismo também nas regiões urbanas. Colombo tem potencial turístico em todo seu território”, ressalta.

 

Posts