Voluntários preparam cursinho pré-vestibular gratuito em Colombo - Jornal de Colombo

Voluntários preparam cursinho pré-vestibular gratuito em Colombo

Voluntários preparam cursinho pré-vestibular gratuito em Colombo

Teve início nesta terça-feira, 28, as inscrições para o Cursinho Pré-Vestibular Em Foco, um projeto que surgiu pela iniciativa de estudantes de licenciatura e bacharelado de universidades públicas e particulares, com o objetivo de democratizar o acesso às universidades através de um cursinho preparatório, totalmente gratuito, formado por uma equipe voluntária, com professores, pedagogos, psicólogos, advogados, entre outros.

Teve início nesta terça-feira, 28, as inscrições para o Cursinho Pré-Vestibular Em Foco, um projeto que surgiu pela iniciativa de estudantes de licenciatura e bacharelado de universidades públicas e particulares, com o objetivo de democratizar o acesso às universidades através de um cursinho preparatório, totalmente gratuito, formado por uma equipe voluntária, com professores, pedagogos, psicólogos, advogados, entre outros. As inscrições vão até o dia 28 do próximo mês e o início das aulas está previsto para março, ainda em local não definido. O projeto foi criado pela organização não-governamental Em Foco, presidida por Andrey Wesley.

De acordo com o diretor executivo do Em Foco, Luiz Henrique, as vagas são limitadas e os inscritos terão de passar por uma seleção. “O objetivo é chegar ao máximo de interessados possível. Levando em consideração os números do primeiro dia de inscrição e o início da divulgação nas escolas estaduais, estimamos um número próximo de 400 inscritos que concorrerão a uma das 80 vagas iniciais do Cursinho”, explicou. A inscrição é feita pelo site oficial da ONG Em Foco. “No site, os candidatos irão encontrar um botão para acessar o formulário de inscrição e também os links para o Guia do Candidato e o Edital do Processo Seletivo Extensivo 2020.
Para concorrer a uma das vagas o candidato precisa preencher o formulário de inscrição na íntegra, ter concluído o Ensino Médio ou estar cursando o 3º ano do ensino médio regular ou 4º ano do técnico; ter uma renda familiar igual ou inferior a 1 salário mínimo e meio por pessoa; ter cursado todo o Ensino Médio em escola pública ou então como bolsista integral em instituições particulares e ter disponibilidade para assistir as aulas aos finais de semana”, detalhou Luiz.

Além da atuação voluntária de professores, todos os recursos utilizados pela ONG são provenientes de doações.  Segundo os dirigentes da equipe, projetos como esse são fundamentais em uma sociedade que busca diminuir a diferença social. “São nesses espaços que jovens, adolescentes e adultos encontram toda uma rede colaborativa e de economia solidária determinada em contribuir para a realização do seu sonho de fazer um curso de nível superior nas maiores universidades do Estado”, avaliou Luiz Henrique. 

A criação do cursinho gratuito é o primeiro passo de uma série de ações que o Em Foco pretende realizar para os próximos momentos da entidade. Segundo Luiz, a expansão das atividades da ONG é um dos objetivos do grupo, que pretende atender outras demandas sociais. “Além de preparar jovens em desvantagem social e promover uma educação de qualidade e gratuita voltada a democratização do acesso à informação e ao Ensino Superior, a ONG Em Foco objetiva executar ações que visem o desenvolvimento de projetos sociais em diversas áreas para a promoção do voluntariado e o desenvolvimento de atividades educacionais de assistência social, cultural, artística, profissional e esportiva que promovam o exercício da cidadania, dos direitos humanos, da democracia e de outros valores universais”, destacou.

Posts