Vacinação contra gripe inicia com idosos - Jornal de Colombo

Vacinação contra gripe inicia com idosos

Vacinação contra gripe inicia com idosos

Começou nesta segunda-feira, 23, a Campanha Nacional de Vacinação contra a Influenza. Neste início, estão priorizados os idosos, que ainda contaram com um esquema especial para garantir a imunização e também para evitar a exposição ao coronavírus. As Unidades Básicas de Saúde do Bacaetava, Belo Rincão e Capivari contaram com tendas montadas nas áreas externas das UBSs

Começou nesta segunda-feira, 23, a Campanha Nacional de Vacinação contra a Influenza. Neste início, estão priorizados os idosos, que ainda contaram com um esquema especial para garantir a imunização e também para evitar a exposição ao coronavírus. As Unidades Básicas de Saúde do Bacaetava, Belo Rincão e Capivari contaram com tendas montadas nas áreas externas das UBSs para evitar aglomeração. Além das tendas, as Escolas Municipais e os Centros de Convivências também estão de portas abertas para receber o grupo prioritário, considerado mais vulneráveis aos vírus que causam a gripe (Influenza A-H1N1, Influenza A-H3N2 e Influenza B).

“Já estamos com a estratégia de vacinação especial para a população com 60 anos ou mais em pleno funcionamento. Começou há pouco, a campanha nacional de vacinação contra a gripe em 26 pontos da nossa cidade. Escolas Municipais e Centros de Convivência estarão à disposição deste grupo, para assim evitarmos aglomerações nas Unidades de Saúde, que estão, neste período de coronavírus, atendendo prioritariamente os sintomas respiratórios. Portanto, compareçam, levem seu pai, sua mãe, seus avós, atendendo sempre as recomendações de manter distância em eventual fila. Aqueles acamados, que não puderem se deslocar, avisem a Unidade mais próxima que iremos até vocês”, destacou a prefeita Beti Pavin 

A campanha, que normalmente se iniciava em abril, foi antecipada devido à pandemia do novo coronavírus. O objetivo da antecipação é evitar uma possível sobrecarga do sistema de saúde. “É importante informar a população que a vacina não previne contra o novo vírus. Porém, é necessário proteger os colombenses contra a Influenza.  Assim, minimizamos o impacto sobre os serviços de saúde”, explicou.  

Esta primeira fase, que vai até o dia 16 de abril, prioriza não apenas os idosos, mas também os profissionais de saúde. A segunda fase, que vai até o dia 9 de maio, oferece prioridade a professores de escolas públicas e privadas, doentes crônicos e os profissionais das forças de segurança e salvamento. Por fim, a terceira fase se inicia no dia 9 de maio, que será considerado o Dia D da campanha, e vai até o dia 22 de maio. Nela, serão imunizadas as crianças de seis meses a menores de seis anos, gestantes, puérperas, povos indígenas, portadores de doenças crônicas não transmissíveis e outras condições clínicas especiais, adolescentes e jovens de 12 a 21 anos de idade sob medidas socioeducativas e população privada de liberdade. 

Posts