UPA Maracanã e Armazém da Família recebem postos de vacinação - Jornal de Colombo

UPA Maracanã e Armazém da Família recebem postos de vacinação

UPA Maracanã e Armazém da Família recebem postos de vacinação

Neste sábado, 15, acontece o Dia D de vacinação contra o Sarampo e Febre Amarela, um movimento nacional realizado para inibir a transmissão das duas doenças. Em Colombo, todas as 25 unidades de saúde do município estarão abertas das 8h às 17h, assim como a Unidade de Pronto Atendimento do Alto Maracanã e até mesmo

Neste sábado, 15, acontece o Dia D de vacinação contra o Sarampo e Febre Amarela, um movimento nacional realizado para inibir a transmissão das duas doenças. Em Colombo, todas as 25 unidades de saúde do município estarão abertas das 8h às 17h, assim como a Unidade de Pronto Atendimento do Alto Maracanã e até mesmo o Armazém da Família. 

“Nossas equipes estarão atendendo a população devido aos surtos que têm ocorrido nos estados. O governo federal convocou a campanha para aumentar a cobertura vacinal e impedir a disseminação dessas doenças. E no nosso município também estamos atentos”, explicou o secretário municipal de Saúde, Antoninho Barth.

No caso da UPA, haverá um posto fixo, que teve início nesta sexta-feira, 14 de fevereiro e vai até o dia 13 de março, das 16h às 22h. “Instalamos um posto de vacinação com o objetivo de intensificar campanha contra essas doenças. Além de oportunizar as pessoas que não conseguem comparecer nas Unidades de Saúde do município em horário comercial, considerando a faixa etária preconizada”, destacou o secretário. 

Já no Armazém, localizado na Rua Califórnia, 66, esquina com a Rua Cascavel, no bairro Guaraituba, o atendimento se dará nos dias 15 e 29 de fevereiro e 07 e 14 de março, com atendimentos das 8h às 17h.

A campanha contra o Sarampo iniciou no último dia 10 e segue até 13 de março. Para as faixas etárias de cinco a 19 anos e de 30 a 59 anos, a imunização será realizada de acordo com o histórico vacinal anterior. Enquanto que para o grupo de 20 a 29 anos a vacinação será de forma indiscriminada, ou seja, independente do histórico vacinal, os indivíduos deverão receber mais uma dose da vacina tríplice viral.

Posts