Santa Casa de Colombo não recebe lances em primeiro leilão - Jornal de Colombo

Santa Casa de Colombo não recebe lances em primeiro leilão

Santa Casa de Colombo não recebe lances em primeiro leilão

Aconteceu na manhã desta segunda-feira, 22, o primeiro leilão da Santa Casa de Misericórdia de Colombo. O imóvel, que tem lance inicial de quase R$ 9 milhões, não recebeu propostas. Dessa forma, como programado anteriormente, irá acontecer um segundo leilão, marcado para a próxima segunda-feira, 29 de junho. Caso o imóvel e os equipamentos não

Aconteceu na manhã desta segunda-feira, 22, o primeiro leilão da Santa Casa de Misericórdia de Colombo. O imóvel, que tem lance inicial de quase R$ 9 milhões, não recebeu propostas. Dessa forma, como programado anteriormente, irá acontecer um segundo leilão, marcado para a próxima segunda-feira, 29 de junho. Caso o imóvel e os equipamentos não sejam leiloados na segunda tentativa, novas datas devem ser homologadas pela 1ª Vara Cível de Colombo, responsável pelo caso de insolvência do hospital. De acordo com informações apuradas pela nossa reportagem há cerca de um mês, três grupos hospitalares privados teriam interesse no local. 

A Santa Casa, uma instituição hospitalar filantrópica privada, encontra-se sob intervenção judicial desde 2005. Dentro deste período de quinze anos, houve algumas interrupções nos atendimentos. Em 2014, por exemplo, o hospital foi reaberto com o apoio da atual gestão municipal após três anos interditado pelo Conselho Regional de Medicina. Em 2017, um impasse entre o hospital e a Prefeitura resultou no bloqueio de repasses financeiros do poder público. Mensalmente, a Prefeitura repassava R$ 1 milhão através da Secretaria de Saúde. A Santa Casa deveria prestar contas sobre a utilização desse valor. Na época, segundo a Prefeitura, um total de R$ 4 milhões não teve destinação comprovada. A não prestação de contas foi documentada pelo Ministério Público e pelo Tribunal de Contas do Estado do Paraná. 

Desde 2018, o hospital encontra-se fechado e em 2019 a 1ª Vara Cível de Colombo determinou o leilão do imóvel e de diversos equipamentos pertencentes à Santa Casa. O valor do leilão será destinado para o pagamento de funcionário e credores do hospital. O valor da dívida deixada ultrapassa os R$ 6 milhões. 

Posts