Programa Colombo + Fácil promete agilidade e economia - Jornal de Colombo

Programa Colombo + Fácil promete agilidade e economia

Programa Colombo + Fácil promete agilidade e economia

Na última segunda-feira, 12, o prefeito Helder Lazarotto, juntamente com o vice-prefeito Alcione Giaretton e o secretário de Administração, Ademir Garcia, anunciou o lançamento do Programa Colombo + Fácil. A iniciativa faz parte das ações que marcam os primeiros 100 dias da nova gestão à frente da Prefeitura Municipal. O projeto tem como objetivo principal

Na última segunda-feira, 12, o prefeito Helder Lazarotto, juntamente com o vice-prefeito Alcione Giaretton e o secretário de Administração, Ademir Garcia, anunciou o lançamento do Programa Colombo + Fácil. A iniciativa faz parte das ações que marcam os primeiros 100 dias da nova gestão à frente da Prefeitura Municipal.

O projeto tem como objetivo principal a desburocratização dos serviços públicos e a intenção de modernizar o atendimento através de mais soluções digitais. “Seguindo a tendência de desburocratizar para fomentar a economia local, vários serviços que englobam todas as Secretarias Municipais estarão a poucos cliques da população”, disse o prefeito, segundo a assessoria de imprensa.

De acordo com a Prefeitura, a implantação do programa vai gerar economia e estimular a sustentabilidade, com a redução no uso de papel. “Colombo não será apenas uma cidade inteligente, mas também, uma cidade sustentável, já que a emissão de documentos em papéis não será necessária e faremos isso utilizando as soluções tecnológicas”, detalhou o secretário Ademir Garcia, responsável pelo projeto. “Com base nos gastos mensais desses produtos, o Município economizará, em média, R$ 4,5 milhões em quatro anos”, acrescentou.

Dentro do escopo do programa, também está prevista a completa digitalização dos arquivos da Prefeitura. “Os processos físicos que tramitam atualmente, bem como os que constam em arquivo municipal serão digitalizados e armazenados em meio eletrônico. Também todos os processos que envolvem a Prefeitura Municipal passarão a ser totalmente digitais, o que trará mais transparência e agilidade à gestão. Com estas ações, somadas a criação da Lei de Temporalidade de Documentos, reduziremos o espaço físico destinado para o armazenamento dos processos pertinentes ao município”, explicou.

Fases do programa

Segundo informado pela Prefeitura Municipal, o Colombo + Fácil terá implantação gradativa, passando por cinco fases. Em um primeiro momento, que já está em andamento, todos os processos abertos internamente passarão a ter tramitação exclusivamente digital. Além disso, serão disponibilizados serviços via aplicativo que tramitarão totalmente por meio digital.

Na segunda fase, haverá a digitalização dos processos físicos, inclusive os arquivados e 50% dos processos abertos pela população via departamento de protocolo tramitarão digitalmente.

Na terceira fase, a abertura de processos pelo público será via aplicativo ou site em aproximadamente 60% dos serviços e haverá a instalação de totens em locais estratégicos para atender cerca de 50% da população. Na quarta etapa, 90% dos serviços já estarão disponíveis online e a instalação de totens será ampliada, com previsão de alcance para 75% da população.

Por fim, a quinta e última etapa promete disponibilizar 100% dos serviços públicos através de meios digitais, assim como a implantação de totens em locais que atinjam a totalidade da população colombense.

Posts