Obras no Parque Linear do Palmital passam por nova etapa - Jornal de Colombo

Obras no Parque Linear do Palmital passam por nova etapa

Obras no Parque Linear do Palmital passam por nova etapa

O Parque Linear do Palmital é considerado pela atual gestão municipal como uma das grandes realizações no município. O espaço, que possui uma extensão de cerca de 3,5 km entre a Estrada da Ribeira e a BR-116 vai passar por uma intensa transformação da paisagem, garantindo mais um espaço de lazer ao cidadão colombense e

O Parque Linear do Palmital é considerado pela atual gestão municipal como uma das grandes realizações no município. O espaço, que possui uma extensão de cerca de 3,5 km entre a Estrada da Ribeira e a BR-116 vai passar por uma intensa transformação da paisagem, garantindo mais um espaço de lazer ao cidadão colombense e também sendo um importante meio de preservação do meio ambiente. Desde o último dia 22 de abril, o parque está recebendo uma nova etapa em suas obras, com a realização do plantio de gramas nas margens do rio Atuba, possibilitando a continuidade no projeto de construção civil da área. 

“Em breve, vai ser mais uma opção de esporte e lazer para os moradores da grande região do Guaraituba. Já foram realizadas a limpeza da área, o alinhamento de 3,5 km para receber as próximas etapas deste que será um dos maiores parques da nossa região metropolitana. É um espaço que recebe nossa atenção especial por se tratar de uma Área de Proteção Permanente”, destacou a prefeita Beti Pavin, durante visita ao local no mês passado. 

O projeto do Parque do Palmital inclui a implantação de ciclovia, vias de pedestres para caminhada, lagoa, estacionamento, praças com mobiliários urbanos, pista de skate, quadra de vôlei e futebol, playground e passarela de ligação aos pontos do Parque. Terraplenagem e drenagem também já foram realizadas neste que será mais uma opção de esporte e lazer em nosso município que já conta com o Parque Municipal da Uva e o Parque Natural Municipal Gruta do Bacaetava”, ressaltou o vice-prefeito Sergio Pinheiro.

O plantio de gramas nas margens do rio está sendo realizada em conjunto com a Secretaria de Agricultura e Abastecimento. “As equipes do Programa Patrulha Mecanizada realizarão todo o plantio de grama do local”, explicou o dirigente da pasta, Marcio Toniolo. Os demais serviços do Parque estão sendo executados pela Prefeitura Municipal por meio das Secretarias de Meio Ambiente, Desenvolvimento Urbano e Habitação e de Obras e Viação. 

As obras no local foram iniciadas após a finalização do projeto arquitetônico e de topografia, no mês de outubro de 2019, com a realização da limpeza e revitalização do Rio Atuba, com a retirada de entulhos e sujeira, além do alinhamento de toda a extensão da obra. Segundo a Prefeitura, os trabalhos iniciais seguem em um ritmo mais lento em razão da especificidade do espaço, que é uma Área de Preservação Permanente (APP). “Nossa prioridade é solucionar os pontos de enchente e revitalizar o local de Preservação Permanente e seguir com as obras evitando futuros problemas”, explicou o secretário de Meio Ambiente, Evandro Busato. 

Posts