Max Atacadista é inaugurado oficialmente em Colombo - Jornal de Colombo

Max Atacadista é inaugurado oficialmente em Colombo

Max Atacadista é inaugurado oficialmente em Colombo

Na manhã desta sexta-feira, 5, Colombo recebeu a inauguração oficial do Max Atacadista, um atacarejo do Grupo Muffato, que fica localizado na Avenida São Gabriel e está gerando mais de 300 empregos diretos e indiretos. O novo empreendimento possui quase 18.600 m2 de área construída, 6 mil m2 de área de venda, 450 vagas de

Na manhã desta sexta-feira, 5, Colombo recebeu a inauguração oficial do Max Atacadista, um atacarejo do Grupo Muffato, que fica localizado na Avenida São Gabriel e está gerando mais de 300 empregos diretos e indiretos.

O novo empreendimento possui quase 18.600 m2 de área construída, 6 mil m2 de área de venda, 450 vagas de estacionamento, além de galeria com restaurante, cafeteria, loja de celular, produtos naturais e açaí. “É uma loja ampla, moderna, aliada com muito preço baixo. O Max traz economia de fato ao consumir. Temos um mix de produtos diferenciados e com qualidade. Tudo o que o consumidor pode esperar, o Max Atacadista tem aqui para Colombo e região”, disse o diretor do Grupo Muffato, Eduardo Muffato.

O empresário também falou sobre a escolha por Colombo para ser a sede da 76ª loja do grupo. “Colombo sempre esteve nos planos da empresa. Esta é uma cidade referência na Região Metropolitana, no Estado do Paraná, e não podíamos estar de fora. Temos um compromisso de estarmos investindo, de sempre estarmos gerando renda, e Colombo nos recebeu de braços abertos. Quero agradecer ao prefeito Helder e ao secretario Plínio que nos abriram as portas desde o momento em que aqui chegamos”, detalhou Eduardo.

Logo após o corte da fita, que oficializou a abertura da unidade, os consumidores colombenses já puderam conhecer a loja e aproveitar as ofertas.

Colombo Mais Emprego

No mês de junho deste ano, em comemoração aos 100 dias da atual gestão municipal, foi realizado o lançamento do Programa Colombo Mais Emprego, da Prefeitura Municipal, por meio da Secretaria de Indústria, Comércio, Turismo e Trabalho, que tinha como objetivo fomentar a criação ode novas empresas e a vinda de novos empreendimentos ao município. Na época, quinze empresas assinaram um protocolo de intenções, visando a instalação de suas respectivas operações. O Max Atacadista é a primeira daquelas empresas a iniciar os trabalhos na cidade. “Naquela ocasião anunciamos a vinda desta empresa e hoje temos a satisfação de estar aqui nesta inauguração, com mais de 300 empregos sendo gerados. É isto o que Colombo precisa. Estamos trazendo para Colombo um mercado de uma rede importantíssima do Estado do Paraná, que criar condições de qualidade de vida e de atendimento dentro do município”, destacou o secretário da SEICTT, Plínio Schmidt.

O prefeito Helder Lazarotto também ressaltou o simbolismo da chegada do Max Atacadista a Colombo. “É um marco do que estamos fazendo na questão de geração de emprego e renda. Além dos empregos, aqui foi feito um grande investimento que vai trazer um movimento econômico, gerando também tributos ao município. É um marco das empresas que assinaram o protocolo de intenções de implantação em junho. Isso é Colombo avançando”, afirmou o prefeito.

Também estiveram presentes na inauguração o vice-governador do Estado do Paraná, Darci Piana; o vice-prefeito Alcione Giaretton; secretários municipais e diretores de departamentos; a vereadora Dolíria Strapasson, representando a Câmara Municipal; e outras autoridades locais.

Oportunidade

Entre os novos colaboradores do novo empreendimento, estão diversas histórias de pessoas que vinham buscando uma oportunidade, seja de início de uma carreira ou de retomar ao mercado de trabalho. Uma destas profissionais é a moradora do bairro Campo Pequeno, Josiane Farias da Silva, que vai atuar como florista e passou por um processo de treinamento na função. “”Fiquei dois meses em outra loja aprendendo com outra florista e está sendo muito legal. Espero crescer profissionalmente. Estava bastante ansiosa para a abertura da loja”, disse Josiane.

A profissional de 27 anos estava há bastante tempo fora do mercado e aceitou o desafio de assumir um posto que ainda não conhecia. “Eu fiz um estágio bem nova, e depois eu engravidei. Tive um trabalho temporário, mas resolvi ficar em casa para cuidar dos meus filhos. Como a pandemia apertou [a questão econômica], decidi ir atrás de um emprego. Como sabia que ia inaugurar a loja aqui, fui tentando, e assim que abriu as vagas me inscrevi. Graças a Deus, deu tudo certo”, comemorou.

Posts