Março teve disparada de casos e estabilidade após restrições - Jornal de Colombo

Março teve disparada de casos e estabilidade após restrições

Março teve disparada de casos e estabilidade após restrições

A Prefeitura Municipal de Colombo divulgou nesta segunda-feira, 29, dados sobre o número de casos da Covid-19 durante o mês de março. A conclusão que o poder público chegou é de que houve um aumento significativo no número de casos e mortes em decorrência do grande fluxo de pessoas circulando no período entre o carnaval

A Prefeitura Municipal de Colombo divulgou nesta segunda-feira, 29, dados sobre o número de casos da Covid-19 durante o mês de março. A conclusão que o poder público chegou é de que houve um aumento significativo no número de casos e mortes em decorrência do grande fluxo de pessoas circulando no período entre o carnaval e os primeiros dias de março, somado ao fato de que uma nova variante do coronavírus está em circulação.

De fato, entre a primeira semana do mês e a terceira semana, o número de casos confirmados mais que triplicou. Vale lembrar que o período de incubação do vírus varia de 1 a 14 dias. Ou seja, os efeitos da disseminação da doença, na prática, só são sentidos de uma a duas semanas após as infecções.

A Prefeitura também credita a estabilidade no número de casos, registrada na última semana, às medidas restritivas aplicadas pelo Governo do Estado e seguidas pelo município. Da terceira semana do mês para a quarta semana, houve uma diminuição de mais de mil casos. “Analisando diagnósticos e confirmações de exames da população, já é possível ver uma queda na propagação do vírus em Colombo e a constatação de que as medidas seguidas pelo Governo do Paraná começam a salvar vidas em Colombo”, afirmou o diretor de Vigilância e Promoção à Saúde da Secretaria Municipal de Saúde, Dr. Diogo Vasconcelos.

Evolução

Como podemos verificar nos gráficos apresentados pela Prefeitura, de março de 2020 até março de 2021, foram registrados 13.371 casos e um total de 385 mortes em Colombo.

Considerando apenas o mês de março deste ano, na 9ª semana do ano (de 1º de março a 7 de março), foram 488 casos confirmados com 17 óbitos. Na 10ª semana do ano (do dia 8 ao dia 14), o número de casos saltou para 760, enquanto houve cinco óbitos no período. Na 11ª semana do ano (de 15 a 21), a terceira semana de março, os números dispararam. Foram 1685 casos confirmados e 24 mortes.

Na 12ª semana (de 22 a 28), sendo a terceira semana sob as restrições, o número de casos confirmados caiu para 622, enquanto o número de mortes ainda ficou alto, com 17 registros fatais.

Contaminação por distrito

As Unidades Básicas de Saúde (UBS) de Colombo são divididas em três distritos: Sede I, Maracanã II e Guaraituba III. Das oito unidades do distrito I – que correspondem aos bairros Bacaetava, Capivari, Sede, Santa Tereza, César Augusto, Osasco, São Domingos e Moinho Velho, do dia 16 a 22 de março, foram registrados 507 casos.

Quanto às UBS do distrito II, que atendem os bairros: Maracanã, Campo Pequeno, Fátima, São Gabriel, Atuba, Quitandinha, Liberdade e Mauá, foram contabilizados 1.155 casos de Covid-19 no mesmo período.

Por fim, nas unidades que integram o distrito III, correspondentes aos bairros: Guaraituba, São José, Jardim Cristina, Jardim das Graças, Jardim Paraná, Belo Rincão e Monte Castelo, foram registrados 549 casos confirmados.

Posts