Entrevista: Professor Célio Beserra, pré-candidato à Prefeitura de Colombo - Jornal de Colombo

Entrevista: Professor Célio Beserra, pré-candidato à Prefeitura de Colombo

Entrevista: Professor Célio Beserra, pré-candidato à Prefeitura de Colombo

Esta entrevista faz parte da série de conversas com os pré-candidatos a prefeito de Colombo. Para ver as demais, CLIQUE AQUI. Nome Completo: Célio Beserra dos Santos Idade: 56 Partido: PSOL Profissão: Professor Vice: Aline do Rocio Histórico na política: Não ocupou cargo eletivo Uma das principais funções do poder público municipal é investir em infraestrutura.

Esta entrevista faz parte da série de conversas com os pré-candidatos a prefeito de Colombo. Para ver as demais, CLIQUE AQUI.

Nome Completo: Célio Beserra dos Santos
Idade: 56
Partido: PSOL
Profissão: Professor
Vice: Aline do Rocio
Histórico na política: Não ocupou cargo eletivo

Uma das principais funções do poder público municipal é investir em infraestrutura. De que forma você vê que Colombo deve trabalhar neste segmento pelos próximos quatro anos?

No nosso plano de governo nós vamos definir o orçamento participativo, onde a sociedade decide as prioridades de investimento.

A Educação vai precisar de especial atenção, principalmente pela dificuldade imposta este ano pela pandemia. Quais são as suas ideias para esta área?

Entre 2020 e 2021, tem de haver um estudo aprofundado de como recuperar o aprendizado do aluno. Nós temos que investir na construção de CMEIs e creches.

A Saúde é uma das áreas de maior prioridade em um município, e com essa questão da pandemia se torna ainda mais essencial o investimento. Que planos você tem para a Saúde de Colombo?

Nós pretendemos investir fortemente na prevenção e lutar com todas as forças para implementar em Colombo empreendimentos em três frentes: na saúde do idoso, da mulher e um hospital geral. Além disso, hoje, Colombo dispõem de pouco atendimento na área de psicólogos e psiquiatras.

O Brasil como um todo vive uma crise econômica há algum tempo, afetando especialmente a empregabilidade. De que forma o município de Colombo pode trabalhar para contribuir com a geração de emprego e renda para a população local?

Nós apostamos todas as nossas fichas no cooperativismo, dividido por setores. Por exemplo, Colombo é um dos municípios da Região Metropolitana de Curitiba, que mais produz hortaliças e não temos feiras de bairro, centros de distribuição. Tudo isso é infraestrutura que está faltando na cidade.

A pandemia está trazendo muitas dificuldades à nossa sociedade. Quem vencer a eleição, irá enfrentar muitos desafios deixados por esse problema: óbitos, recursos escassos, economia debilitada. Qual a sua análise desse momento e como você acredita que essas questões podem ser superadas a partir de 2021?

É um desafio para qualquer gestor de qualquer cidade. Mas nós, com um plano ousado, pretendemos junto à sociedade e aos poderes constituídos formar um plano de emergência e contingência de recursos para aplicação em benefício da população.

O que você considera ser um diferencial em sua candidatura que pode fazer de Colombo um lugar melhor, caso você vença o pleito?

O compartilhamento de responsabilidade na administração. Nós vamos chamar a sociedade para participar diretamente da administração municipal. Participação popular é nossa proposta.

Ao final de um possível mandato, que manchete você gostaria de ver na capa do Jornal de Colombo?

Colombo avançou na qualidade na vida. 

Posts