Eleições 2020: Colombo se prepara para as urnas – Jornal de Colombo

Eleições 2020: Colombo se prepara para as urnas

Eleições 2020: Colombo se prepara para as urnas

Estamos vivendo em meio a uma pandemia que, além da crise de saúde que causou mais de 50 mil mortes em todo o país, também gerou graves problemas econômicos. No meio de tudo isso, é necessário lembrar que estamos em um ano eleitoral. A eleição é o momento mais importante de nossa frágil e recente

Estamos vivendo em meio a uma pandemia que, além da crise de saúde que causou mais de 50 mil mortes em todo o país, também gerou graves problemas econômicos. No meio de tudo isso, é necessário lembrar que estamos em um ano eleitoral. A eleição é o momento mais importante de nossa frágil e recente democracia. É o momento em que a população brasileira, muitas vezes inerte e avessa à política, mais se mostra participativa. E não é possível fugir dela, afinal, nesta primeira quinzena de julho devem ser definidas, enfim, as datas da corrida eleitoral deste ano, que apesar de tudo, precisa acontecer. Em 2020, as eleições definem os gestores dos municípios brasileiros pelos próximos quatro anos no poder executivo e legislativo. Olhando para nossa realidade local, em Colombo, a disputa pelo posto de prefeito está encaminhada para ter, de acordo com nossa apuração, ao menos sete candidatos. 

Começando pelo candidato da situação, o atual vice-prefeito Sergio Pinheiro (DEM) conta, naturalmente com o apoio da prefeita Beti Pavin. Pinheiro ainda não definiu quem será seu vice, mas diversos nomes são cotados. Os mais especulados são o de Maria Silva Souza, que até o início do mês de junho encontrava-se no comando da Secretaria de Assistência Social e do vereador Angelo Betinardi. 

Outro nome certo no pleito é o de Helder Lazarotto (PSD), ex-secretário de Saúde de Colombo e que também foi candidato em 2016, já tendo confirmado o professor Alcione como vice.

Em seguida, aparecem nomes novos na política. Um deles é o do empresário Plínio Toniolo Schmidt, filiado ao Cidadania, oficializado como pré-candidato pelo antigo PPS no último mês de março. A seu lado, Plínio terá a companhia do também empresário local Paulo Coradin. O principal apoio da dupla é o presidente estadual do partido e deputado federal, Rubens Bueno. 

Outra novidade é de Rafael Dantas, empresário que se filiou e confirmou a pré-candidatura junto ao PROS. Apesar de nunca ter exercido cargo eletivo, Rafael já tentou se candidatar em 2018, como deputado federal pelo PSB. 

Outro nome que pretende correr por fora é o de Thiago de Jesus (PRB). O vereador em primeiro mandato já vinha anunciando sua candidatura desde 2019 e deve oficializar quando ocorrer as convenções partidárias. 

Por fim, outros nomes são ventilados, como o do pastor evangélico Joel Cordeiro (Podemos), do ex-vereador Zé Vicente (PV), da ex-vice-prefeita, Rose Cavalli (PDT), da ex-secretária de Urbanismo e Habitação, Tânia Tosin (PSB) e do ativista Elton Dognini (PSOL). Nas próximas semanas, o Jornal de Colombo pretende dar espaço e voz a cada um dos pré-candidatos ao cargo de chefe do executivo de nosso município. 

Posts