Comsea discute políticas públicas em nutrição e segurança alimentar - Jornal de Colombo

Comsea discute políticas públicas em nutrição e segurança alimentar

Comsea discute políticas públicas em nutrição e segurança alimentar

Aconteceu na última sexta-feira, 28, no Armazém da Família, a primeira reunião do ano de 2020 do Comsea, o Conselho Municipal de Nutrição e Segurança Alimentar. Durante o encontro, foi apresentado o calendário de reuniões ordinárias do conselho, e também do programa Coleta Verde. Os locais das futuras reuniões também foram definidos, mas não confirmados,

Aconteceu na última sexta-feira, 28, no Armazém da Família, a primeira reunião do ano de 2020 do Comsea, o Conselho Municipal de Nutrição e Segurança Alimentar. Durante o encontro, foi apresentado o calendário de reuniões ordinárias do conselho, e também do programa Coleta Verde. Os locais das futuras reuniões também foram definidos, mas não confirmados, por uma questão de agenda dos espaços. “De qualquer forma, não deixaremos de fazer as reuniões itinerantes, que é algo que sempre fizemos, para nos aproximar da população”, comentou o presidente do Comsea, Wilson Dombrowski. 

Outro ponto abordado foi o PAA, Programa de Aquisição de Alimentos, do qual o órgão é fiscalizador. Todas as entidades beneficiadas pelo projeto e cadastradas na Secretaria de Agricultura e Abastecimento são referendadas pelo conselho. Para 2020, a expectativa é de que sejam atendidas 59 instituições pelo programa. O número de agricultores que fornecem estes alimentos também teve um acréscimo. Em 2020 serão 119 agricultores. Em relação ao Coleta Verde, não houve alteração dos bairros atendidos. São 35 bairros (em 36 pontos) que recebem o programa mensalmente: Ana Rosa, Arapongas, Belo Rincão, Campo Alto, Campo Pequeno, Carvalho, Cezar Augusto, Embú, Eucalipto, Florença, Guaraituba, Guarani, Guarujá, Jardim das Graças, Jardim Paraná, Maracanã, Maria do Rosário, Moinho Velho, Monte Castelo, Monza, Osasco, Palmares, Paloma, Porteira, Rio Verde, Santa Cruz, Santa Fé, Santa Tereza, São Dimas, São Domingos, São Gabriel, São Sebastião, Vila Liberdade e Vila Zumbi. No Coleta Verde, a cada dez quilos de material reciclável doado, o cidadão recebe um “vale sacola” com cinco quilos de alimentos. O Coleta Verde fomenta a agricultura familiar e o material é entregue às associações de coleta reciclável, fechando um ciclo sustentável.

Também foi divulgado que desde a abertura do novo Armazém da Família no Guaraituba, foram realizados cerca de 1500 cadastros de famílias para a compra de mantimentos no local. Já no final da reunião, os participantes tiveram a oportunidade de realizar questionamentos, sugestões e críticas aos programas municipais de nutrição e segurança alimentar.

Posts