Colombo recebe 60 novos pontos de ônibus - Jornal de Colombo

Colombo recebe 60 novos pontos de ônibus

Colombo recebe 60 novos pontos de ônibus

O mobiliário urbano de Colombo recebeu nesta terça-feira, 19, 60 novos pontos de ônibus. O benefício foi entregue pelo Governo do Estado em uma solenidade no Palácio Iguaçu, em que além de Colombo, outros 24 municípios da Região Metropolitana fizeram parte da ação, realizada com investimentos na casa dos R$ 3,2 milhões, provenientes da Coordenação da

O mobiliário urbano de Colombo recebeu nesta terça-feira, 19, 60 novos pontos de ônibus. O benefício foi entregue pelo Governo do Estado em uma solenidade no Palácio Iguaçu, em que além de Colombo, outros 24 municípios da Região Metropolitana fizeram parte da ação, realizada com investimentos na casa dos R$ 3,2 milhões, provenientes da Coordenação da Região Metropolitana de Curitiba (Comec), órgão vinculado à Secretaria de Estado do Desenvolvimento Urbano e Obras Públicas. No total, foram entregues 660 pontos de ônibus. 

Durante o evento, estiveram presentes representando Colombo a prefeita Beti Pavin e o vereador Angelo Betinardi. “Sem dúvidas, é algo que melhora a qualidade de vida, protege o cidadão que utiliza o transporte coletivo das intempéries do evento. É uma parceria que o Governo do Estado faz com os municípios metropolitanos e desse modo particular com Colombo”, disse a prefeita, que destacou o trabalho conjunto dos municípios da Região da Grande Curitiba. “Ninguém vai a lugar nenhum sozinho. Juntos já é difícil. Mas n´so da Região Metropolitana sempre estivemos juntos dos governos estaduais, agora também com o Ratinho Junior, através do Gilson Santos, presidente da Comec, que interage muito bem com os prefeitos. Ficamos bem felizes que estamos nessa boa parceria objetivando a melhora da qualidade de vida de todos os cidadãos metropolitanos.

As instalações, de acordo com o Governo do Estado, começarão em março. Os pontos de ônibus são numerados e serão georreferenciados pela Secretaria de Segurança Pública. “Aparentemente é uma medida simples, mas ela é fundamental para quem utiliza o sistema de transporte no dia a dia. A região de Curitiba tem inverno rigoroso, muita chuva. É uma visão social. Vamos amenizar problemas com o tempo de espera e o clima”, afirmou o governador Ratinho Junior, durante pronunciamento.

Os novos pontos de ônibus serão instalados em locais onde não haviam estruturas adequadas ou vão substituir estruturas antigas, de madeira, e aqueles pontos que eram apenas placas. “Essas novas estruturas ajudarão as cidades a ter pontos de embarque e desembarque definidos. É um abrigo muito prático e resistente, porque alguns serão instalados em estradas sem pavimentação ou com tráfego pesado de caminhões. Eles atenderão locais que não proviam proteção nenhuma para os usuários”, ressaltou Gilson Santos. Nessa primeira fase do projeto, os pontos de ônibus serão distribuídos em 25 dos 29 municípios da Região Metropolitana de Curitiba. Apenas Curitiba, São José dos Pinhais, Pinhais e Araucária não receberão os novos abrigos.

Também estiveram presentes o secretário de Desenvolvimento Urbano e Obras Públicas, João Carlos Ortega; o secretário de Saúde, Beto Preto; os prefeitos de Bocaiúva do Sul (Floresmundo Alberti Junior), Cerro Azul (Patrik Magari), Doutor Ulysses (Moisés Branco da Silva), Mandirituba (Luis Antonio Biscaia), Lapa (Paulo Furiati), Balsa Nova (Luiz Claudio Costa), Contenda (Carlos Eugenio Stabach), Adrianópolis (Alcides Rodrigues Bassete), Itaperuçu (Helio Vieira Guimaraes) e Campo Largo (Marcelo Puppi); representantes das prefeituras de Campo Magro, Campina Grande do Sul e Piraquara; os deputados estaduais Alexandre Curi e Dr. Batista e vereadores dos municípios envolvidos.

Posts