Colombo institui Escola de Gestão voltada à capacitação dos servidores - Jornal de Colombo

Colombo institui Escola de Gestão voltada à capacitação dos servidores

Colombo institui Escola de Gestão voltada à capacitação dos servidores

No mês de março, o Executivo Municipal levou à Câmara o Projeto de Lei nº 09/2021, para criar a Escola de Gestão Pública do Município. A iniciativa foi aprovada pelos vereadores, sancionada pelo prefeito Helder Lazarotto e já faz parte da legislação colombense através da Lei nº 1571/2021. A Escola de Gestão Pública de Colombo, vinculada à Secretaria de Administração,

No mês de março, o Executivo Municipal levou à Câmara o Projeto de Lei nº 09/2021, para criar a Escola de Gestão Pública do Município. A iniciativa foi aprovada pelos vereadores, sancionada pelo prefeito Helder Lazarotto e já faz parte da legislação colombense através da Lei nº 1571/2021.

A Escola de Gestão Pública de Colombo, vinculada à Secretaria de Administração, tem como principal objetivo aprimorar e desenvolver conhecimentos dos servidores de todos os segmentos do município. “A Escola é responsável pela formação continuada dos servidores municipais. Ela vem no mesmo viés da escola do Estado, porém não vamos trabalhar, no momento, com cursos de graduação e pós-graduação”, explicou Valdinéa Pereira de Souza, diretora e fundadora da Escola. De acordo com a profissional, a Prefeitura Municipal conta com mais de quatro mil servidores. “A única pasta que tem formação continuada é a da Educação, e, por meio da Escola de Gestão, a prefeitura pretende levar isso para todas as secretarias, inclusive para estagiários e servidores temporários”, detalhou.

A entidade já possui parcerias com o SENAC e está em processo de formalização de parcerias com o SEBRAE, o Instituto Federal do Paraná Campus Colombo e com a Escola em Educação de Direitos Humanos do Paraná. Além disso, a primeira formação já possui data marcada. “No dia 19 de março teremos o primeiro curso de forma online, e atenderemos duas secretarias, a de Indústria, Comércio, Turismo e Trabalho e com a Seduh (Secretaria de Desenvolvimento Urbano e Habitação)”, conta Valdinéa.

A diretora, que atua na rede municipal de ensino há 22 anos, defende que o projeto vai beneficiar os colombenses com a consequente melhoria dos serviços públicos. “A Escola de Gestão é toda pensada para qualificação do servidor público, onde a valorização do ser humano será prioridade da Escola de Gestão. Todos os cursos que temos pensado são voltados para o servidor, porém atinge indiretamente a população com qualidade e humanização no atendimento ao público”, afirmou.

Outro ponto destacado por Valdinéa, é que a formação continuada dos trabalhadores e gestores da Prefeitura vai permitir, além da melhoria do serviço público, a qualidade de vida dos servidores e da população, e o estímulo à transparência. “A Escola de Gestão Pública do Município de Colombo surgiu da necessidade de revisitar os princípios que norteiam os servidores públicos, profissionais capacitados e comprometidos com a integridade, transparência e proteção do interesse público. Com a reflexão sobre esse processo (sistema-servidores-atendimento), tem-se verificado a necessidade da valorização do servidor nas mais diferentes formas e instâncias, uma vez que, para transformar uma cidade grande em uma grande cidade é preciso colaboradores que sejam competentes, produtivos, comunicativos, comprometidos, criativos, confiantes e que tenham empatia”, reforçou.

Posts