Câmara Municipal realiza audiência pública sobre câncer de mama - Jornal de Colombo

Câmara Municipal realiza audiência pública sobre câncer de mama

Câmara Municipal realiza audiência pública sobre câncer de mama

Na última quinta-feira, 21, a Comissão de Educação, Saúde e Bem-Estar Social da Câmara Municipal de Colombo, promoveu audiência pública para tratar sobre o Outubro Rosa com a temática: “Prevenção, Rastreamento, Diagnóstico e Tratamento do Câncer de Mama”. O evento foi realizado presencialmente no Plenário Presidente Tancredo de Almeida Neves e foi transmitido pelo canal

Na última quinta-feira, 21, a Comissão de Educação, Saúde e Bem-Estar Social da Câmara Municipal de Colombo, promoveu audiência pública para tratar sobre o Outubro Rosa com a temática: “Prevenção, Rastreamento, Diagnóstico e Tratamento do Câncer de Mama”. O evento foi realizado presencialmente no Plenário Presidente Tancredo de Almeida Neves e foi transmitido pelo canal do YouTube da Câmara.

A mesa que dirigiu os trabalhos foi composta pelo vereador Professor Roger (REPUBLICANOS), que presidiu a audiência; pela secretária Municipal de Saúde, Marilda França Gimenes Zanoni; pela secretária Municipal de Assistência Social, Elis Lazarotto; pelo presidente do Conselho Municipal de Saúde, Dr. Diogo Vasconcelos; pelo diretor da Opportuna Consilio (Empresa Especializada em Gestão da Saúde Pública), Marco Figueiredo; pelo diretor adjunto do Sindicato dos Médicos do Paraná, Dr. Wagner Sabino e pela presidente do Conselho Municipal dos Direitos da Mulher (CODIM), Adriana Maria Matias.

A audiência pública contou com representantes de entidades, de profissionais da área da saúde e de mulheres que enfrentaram o desafio do câncer de mama. Os participantes explanaram sobre suas experiências, informações e dados científicos em relação à prevenção do câncer de mama e a importância dos exames periódicos específicos para diagnóstico e tratamento da doença. “Devido à relevância do tema, aproveitamos a ocasião do Outubro Rosa para realizarmos essa audiência pública. Para que haja transparência e que a comunidade seja de fato atendida naquilo que necessita, é preciso que mantenhamos sempre esse espaço de diálogo aberto”, afirmou o vereador Professor Roger, presidente da Comissão de Educação, Saúde e Bem-Estar Social.

Exemplo próximo

A importância de dar destaque ao assunto tem um exemplo dentro da própria Câmara Municipal. De acordo com o texto veiculado pela assessoria de comunicação da Casa, foi através de uma campanha de conscientização do Outubro Rosa que, em 2019, a atual vice-presidente da Câmara, a vereadora Dolíria Strapasson (PSD), descobriu que estava com câncer. “Descobri a doença quando ela estava bem no início, a tempo ainda de não ter um tratamento mais agressivo, por conta de o diagnóstico ter saído de um exame preventivo. Fiz a cirurgia, mas não precisei fazer quimioterapia ou radioterapia. Até hoje, faço o acompanhamento e os exames. Quero enfatizar que o câncer não aparece apenas no Outubro Rosa, temos que nos cuidar o ano todo. Às vezes falamos em prevenção, mas esquecemos da necessidade de suporte, de apoio e de ações efetivas”, relatou Dolíria durante a audiência.

Outras mulheres que passaram ou estão passando por esta luta contra o câncer também tiveram espaço aberto ara contar suas histórias, como a servidora e diretora da Escola Municipal Padre Durval Secchi, Andrea de Espindola. “Fui diagnosticada com câncer há três meses. É uma luta diária. Tenho tido muito apoio dos pais, dos alunos da Escola e muita oração. Eu descobri o câncer através do autoexame. Foi fundamental para a minha descoberta. Quando recebemos um laudo de câncer, achamos que vamos morrer no outro dia. Porém, temos que lutar com garra. Eu, como líder de comunidade, tenho que ser exemplo. Eu não posso desistir. Essa luta eu vencerei. Minha fé me motiva”, disse.

Balanço

A secretária Municipal de Saúde, Marilda França Gimenes Zanoni, apresentou um breve balanço sobre as ações da pasta durante o mês de outubro. “Nesse mês de outubro, em todas as unidades de saúde, já conseguimos coletar 5.944 exames de Papa Nicolau. É um número expressivo. Até o momento, fizemos 1.286 solicitações de mamografias. Nem todas as mulheres ainda fizeram o exame, mas já estão agendados. Todos os meses, temos ofertas desses exames que podem ser feitos a qualquer momento. A prevenção ainda é o melhor caminho para combater tanto uma doença”, afirmou.

Com informações da Câmara Municipal de Colombo.

Posts