Câmara Municipal de Colombo estabelece Comissão de Fiscalização e Acompanhamento da Covid-19 - Jornal de Colombo

Câmara Municipal de Colombo estabelece Comissão de Fiscalização e Acompanhamento da Covid-19

Câmara Municipal de Colombo estabelece Comissão de Fiscalização e Acompanhamento da Covid-19

Na sessão ordinária da Câmara Municipal de Colombo realizada na última terça-feira, 23, foi estabelecido o Comissão de Fiscalização e Acompanhamento da Covid-19. A comissão será presidida pelo vereador Osmair Possebam (Rede) e terá como demais membros os vereadores Giovani Strapasson (PTB), Ratinho de Colombo (PSD), Renato da Farmácia (DEM) e Rodrigo Coradin (PTC).  A

Na sessão ordinária da Câmara Municipal de Colombo realizada na última terça-feira, 23, foi estabelecido o Comissão de Fiscalização e Acompanhamento da Covid-19. A comissão será presidida pelo vereador Osmair Possebam (Rede) e terá como demais membros os vereadores Giovani Strapasson (PTB), Ratinho de Colombo (PSD), Renato da Farmácia (DEM) e Rodrigo Coradin (PTC). 

A primeira ação realizada pela Comissão foi uma reunião remota, realizada nesta quinta-feira, 25, com a participação de onze vereadores; da presidente da ACIC (Associação Comercial, Industrial, Agronegócio e Serviços de Colombo), Maria Parecida Trindade de Souza; e dos empresários Rogério Trigo Monteiro e Osmar Alberti. “A reunião aconteceu para a discussão do lockdown, para que nós possamos sugerir ao poder público, ao nosso governo local, a flexibilização com segurança das restrições aos comércios considerados não essenciais. E aí estão incluídos todos os pequenos comércios e segmentos que estão sendo bastante afetados, como as academias e as quadras esportivas. A reunião foi com o objetivo de encontrarmos uma solução para que esse pessoal possa retornar ao trabalho”, explicou Osmair Possebam. 

Segundo o presidente da comissão, o entendimento geral é de que a abertura do comércio não é o principal foco das aglomerações. “Entendemos que o pequeno comércio, que está fechado, não causa aglomeração e não é o vilão na transmissão do vírus. Dentro das discussões, o entendimento é de que a redução do horário de supermercados, por exemplo, causa a aglomeração. É preciso mudar essa estratégia. Não adianta fechar no domingo e o povo se aglomerar no sábado. É preciso flexibilizar o tempo do atendimento, controlar e reduzir o acesso de pessoas, além de ter uma fiscalização e conscientização da população de que o vírus existe, está aí e está matando”, ressalta o vereador. 

A próxima ação da Comissão Especial está marcada para a quarta-feira, 31 de março, quando haverá uma reunião com o Executivo municipal e representantes da Secretaria Municipal de Saúde

Osmair também destaca o papel da Câmara Municipal junto à população em geral neste momento delicado. “Os vereadores também estão incumbidos de ajudar na fiscalização e principalmente na conscientização de suas comunidades”, encerrou.

Posts