Armazém da Família aceita cartão do Programa Comida Boa - Jornal de Colombo

Armazém da Família aceita cartão do Programa Comida Boa

Armazém da Família aceita cartão do Programa Comida Boa

A partir desta terça-feira, 12, o Armazém da Família de Colombo passa a aceitar o cartão do Programa Comida Boa, ação auxiliar de emergência do Governo do Estado, voltada a pessoas em vulnerabilidade social, que fornece um valor de R$ 50 para a compra de alimentos em comércios credenciados no município. Colombo recebeu na última

A partir desta terça-feira, 12, o Armazém da Família de Colombo passa a aceitar o cartão do Programa Comida Boa, ação auxiliar de emergência do Governo do Estado, voltada a pessoas em vulnerabilidade social, que fornece um valor de R$ 50 para a compra de alimentos em comércios credenciados no município. Colombo recebeu na última quarta-feira, 6, um lote com 20.568 cartões, que começaram a ser distribuídos nesta segunda-feira, 11, pela Assistência Social. Os beneficiados pela ação foram previamente selecionados pelo governo estadual. “O cartão vai vigorar durante o período da pandemia do novo coronavírus e surge como um complemento a outros benefícios que são disponibilizados atualmente para a população”, explicou a prefeita Beti Pavin.

Atendimento no sábado

No último sábado, 9, o Armazém da Família voltou a atender aos sábados com o horário normal, das 8h45 às 13h. “Estamos atendendo também, diariamente, de terça à sexta-feira, das 8h45 às 17h. A família que possui o cartão Comida Boa pode fazer a sua compra independente de ser cadastrada ou não. Basta apresentar o vale na recepção e os documentos pessoais” disse o secretário de Agricultura e Abastecimento, Márcio Toniolo. Além disso, o ambiente está preparado preventivamente para evitar possíveis focos de contágio. “Reforçamos a limpeza na loja. Carrinhos e cestinhas são limpos após cada uso, seguindo as recomendações da Vigilância Sanitária. Temos álcool em gel disponível para clientes e funcionários passarem nas mãos e estamos controlando também o número de clientes por vez. Todo cuidado é necessário para evitar aglomerações e proteger a população”, completou.

Posts