Após dois anos, alunos da rede municipal voltam às aulas presenciais - Jornal de Colombo

Após dois anos, alunos da rede municipal voltam às aulas presenciais

Após dois anos, alunos da rede municipal voltam às aulas presenciais
(Foto: Daiana Nodari/PMC)

Materiais escolares e alimentos para merendas foram distribuídos aos alunos e estabelecimentos de ensino nesta primeira semana de aula.

No início desta semana, os alunos da rede municipal de ensino de Colombo iniciaram as aulas do ano letivo de 2022. Ao todo, quase 30 mil alunos retornaram ao ensino 100% presencial nas escolas e CMEI’s no município.

A rede de educação em Colombo é composta por 44 unidades do ensino fundamental, que contabilizam aproximadamente 22 mil anos, incluindo a escola especial na APAE, e 47 CMEI’s, que atendem cerca de 6.300 crianças.

Para a Coordenadora do Núcleo da Educação Infantil, professora Márcia Eluísa Contente Estevão, a empolgação e a alegria puderam ser sentidas com o retorno das crianças para o ambiente escolar. “Tivemos hoje, em todas nossas unidades o início do nosso ano letivo e em todos eles, os ambientes foram carinhosamente preparados. Nossas equipes estavam ansiosas para este momento. Nesta semana, será o período de adaptação, do conhecimento e de inserção de uma nova rotina em cada ambiente e novo para cada criança”, disse a Coordenadora.

Para garantir o retorno seguro das atividades presenciais nas escolas, a Secretaria Municipal de Educação reforçou o quadro de profissionais de serviços gerais, que ficarão responsáveis pela limpeza e higienização dos espaços, garantindo maior segurança sanitária nas escolas e CMEIs do município.

Essa volta às aulas também foi marcada por uma ação inédita, que ofereceu aos alunos um kit de materiais escolares que podem chegar a 25 itens, dependendo da faixa etária ou série das crianças. Cadernos, pastas, lápis, canetas, apontador, borracha e diversos outros itens são alguns dos exemplos que foram distribuídos pela Prefeitura e que serão utilizados para o desenvolvimento das atividades dos alunos.

Além disso, o Departamento de Alimentação Escolar se dedicou nesta semana à distribuição dos gêneros alimentícios que irão compor o cardápio dos estudantes colombenses, a fim de garantir que em todas as escolas e CMEI’s de Colombo as merendeiras tenham a possibilidade de organizar o armazenamento e se preparar para garantir a merenda escolar com alta qualidade.

Segundo a nutricionista e coordenadora de alimentação escolar, Juliana Gleice Beraldo Cavalheiro, ao todo foram distribuídas 120 mil toneladas de alimentos entre produtos básicos (arroz, feijão, macarrão e outros) e perecíveis (carnes, pães e hortifrutigranjeiros). Este volume inicial será suficiente para atender os meses de fevereiro e março. “Neste retorno, é fundamental destacar que pensamos neste cardápio, em garantir a segurança alimentar e nutricional dos nossos estudantes, cuidamos inclusive da alimentação especial que são dietas”.

Já o Secretário de Educação, Professor Alcione, destacou que a merenda escolar deste ano está sendo pensada pelas profissionais da nutrição como um meio para reparar toda e qualquer deficiência nutricional que o aluno tenha desenvolvido no período de suspensão das aulas presenciais, podendo agora ter o complemento necessário para repor essa dieta.

Posts