Aluno colombense se destaca e fará intercâmbio na Nova Zelândia - Jornal de Colombo

Aluno colombense se destaca e fará intercâmbio na Nova Zelândia

Aluno colombense se destaca e fará intercâmbio na Nova Zelândia

O aluno colombense Lucas Idelvan da Rocha Celestino ficou entre os 100 melhores alunos da rede estadual de ensino e, através do projeto Ganhando o Mundo, da Secretaria de Estado da Educação e do Esporte, foi escolhido para um intercâmbio na Nova Zelândia. A viagem deve acontecer no segundo semestre de 2021 e o jovem

O aluno colombense Lucas Idelvan da Rocha Celestino ficou entre os 100 melhores alunos da rede estadual de ensino e, através do projeto Ganhando o Mundo, da Secretaria de Estado da Educação e do Esporte, foi escolhido para um intercâmbio na Nova Zelândia. A viagem deve acontecer no segundo semestre de 2021 e o jovem vai passar por uma preparação prévia custeada pelo Governo do Estado.

Lucas, de 16 anos e aluno do Colégio Estadual Antônio Lacerda Braga, se classificou na 18ª colocação no programa. “Fiquei muito feliz! Agradeci a Deus, pois estava muito ansioso aguardando o resultado. Fiquei orgulhoso, no bom sentido, pois ficar entre os 100 melhores alunos do Paraná é algo grande e é bom sentir que o esforço e dedicação nos estudos foram recompensados”, disse o jovem, que vive a expectativa por conhecer um novo país. “Estou apreensivo, pois serão muitas novidades, vou viajar de avião e para um outro país pela primeira vez. Vou ficar longe do meu lar, família, igreja, amigos, da comida e lugares que estou acostumado a frequentar, mas é um sonho que vou realizar. Vão ser inúmeros benefícios, vou aprender a falar inglês, fazer novas amizades, conhecer uma nova cultura, a educação daquele país na prática e acredito que tudo isso vai me ajudar a amadurecer e abrir minha mente, trazer muitas oportunidades de crescimento tanto pessoal quanto profissional, vai me ajudar e enxergar o mundo por outra ótica”, avaliou.

O pai de Lucas, Idelvan Celestino, destacou a dedicação do filho aos estudos e também sua religiosidade. “O Lucas acorda cedo e realizamos nosso momento devocional juntos. Na sequência, ele se dedica aos estudos. Neste período de pandemia sempre está participando dos encontros online com os professores, quando as aulas eram presenciais não gostava de faltar, fazia de tudo para tirar boas notas, quando tirava uma nota menor que 10 mesmo sem necessidade pedia para realizar a recuperação almejando tirar uma nota 10 e se colocava à disposição para ajudar seus colegas”, conta o pai. “No começo eu não havia mensurado a importância desta oportunidade. Depois, pesquisando mais sobre o assunto, entendi que vai trazer um benefício grandioso para ele como pessoa e como futuro profissional”, acrescentou.

No início do mês, Lucas foi recebido pelo vice-prefeito de Colombo e secretário municipal de Educação, Alcione Giaretton. “Eu sou defensor da educação e do ensino público, por isso acredito que a juventude pode escrever novas histórias para o futuro quando se dedica aos estudos. Parabenizo o jovem pela conquista e me sinto orgulhoso em saber que em Colombo tivemos um estudante classificado que irá nos representar fora do Brasil”, comentou o dirigente na ocasião.

Campina Grande do Sul

Outro estudante colombense, Igor Augusto de Oliveira Santos é estudante em uma escola de Campina Grande do Sul e também foi selecionado entre os 100 melhores alunos da rede estadual. “Fiquei muito contente e ao mesmo tempo senti um alívio, pois estava bastante ansioso esperando o resultado. Foi excelente saber que conquistei minha vaga, que todo meu esforço está começando a dar resultados. Estudo durante quase o dia todo, pesquisando a fundo cada conteúdo, dou atenção a cada questão em cada disciplina, e isso tudo foi essencial para essa conquista”, comemorou o adolescente.

Acervo pessoal

A mãe de Igor, Luciane dos Santos, destaca a oportunidade que o filho terá pela frente. “Foi um sentimento muito especial, comemoramos bastante, porém ao mesmo tempo confesso que o coração começou a apertar por causa do tempo que passaremos longe. “Acredito que será uma experiência transformadora tanto para o lado pessoal, por conhecer outra cultura, quanto para o futuro profissional dele por agregar um conhecimento único que não seria possível adquirir de outra forma”, afirmou.

O programa

O programa Ganhando o Mundo é uma iniciativa inédita que tem o objetivo de possibilitar o desenvolvimento da autonomia e aperfeiçoamento da língua inglesa na formação acadêmica em instituições de ensino estrangeiras, além de ampliar o repertório cultural durante a experiência de morar em outro país.

A seleção dos intercambistas foi feita pela média de notas e frequência. O estudante necessitava obter média maior ou igual a sete em todas as matérias e frequência maior ou igual a 85%. Para chegar a pontuação final foram somadas as médias de todas as disciplinas da Base Nacional Comum Curricular (BNCC) cursada em 2020 no 9º ano.

Posts