360 animais domésticos são castrados em Colombo - Jornal de Colombo

360 animais domésticos são castrados em Colombo

360 animais domésticos são castrados em Colombo

Em uma ação do Programa Permanente de Esterilização de Cães e Gatos, promovido pela Secretaria de Estado do Desenvolvimento Sustentável e do Turismo, 360 cães e gatos estão sendo castrados no município de Colombo em uma estrutura montada no Parque Municipal da Uva. A ação do Governo do Estado tem o apoio da Prefeitura Municipal

Em uma ação do Programa Permanente de Esterilização de Cães e Gatos, promovido pela Secretaria de Estado do Desenvolvimento Sustentável e do Turismo, 360 cães e gatos estão sendo castrados no município de Colombo em uma estrutura montada no Parque Municipal da Uva.

A ação do Governo do Estado tem o apoio da Prefeitura Municipal e busca o controle populacional de cães e gatos e prevenção de zoonoses. A estimativa é que até o início de 2021, cerca de 15 mil animais passem pela castração em 45 municípios.

A atual iniciativa acontece desde o dia 23 de novembro e se encerra nesta sexta-feira, 27. Os animais que estão sendo castrados foram previamente selecionados por um cadastro promovido pela Prefeitura. O recurso utilizado na ação em todo o Estado ultrapassa os R$ 2,4 milhões e é proveniente de emendas parlamentares. 

“Por ser um programa do Governo do Estado, nós fazemos o convênio com o município e cada município estabelece os critérios para castração. No geral, o programa acaba atingindo as pessoas de baixa renda. Nós fizemos a licitação para unidades móveis de esterilização. A empresa vencedora vai com toda estrutura, se instala no local temporariamente e faz as castrações”, explica Fernanda Góss Braga, coordenadora de Recursos Naturais da Secretaria de Estado do Desenvolvimento Sustentável e do Turismo.

De acordo com a SEDEST, o programa está no contexto da Saúde Única, que relaciona a saúde ambiental, animal e humana, conscientizando a população sobre a importância da castração na saúde dos animais, na prevenção de abandono (evitando ninhadas indesejáveis), e para a saúde das pessoas com informações referentes à importância da vacinação, vermifugação e visitas periódicas ao veterinário, bem como dicas de guarda responsável.

“É uma iniciativa bastante importante para que essa temática seja visualizada no município, que a população entenda que é uma ação importante. Os animais castrados evitam a questão das prenhas indesejadas, diminui o risco de abandono, e traz qualidade de vida para o animal, porque diminui o risco de tumores, de piometra (infecção uterina), aumenta a longevidade dos animais, que também tendem a ficar menos estressados”, ressalta Fernanda.

Municípios contemplados

Além de Colombo, confira os municípios que receberão a ação e a respectiva quantidade programada de animais castrados: Campo Mourão (553), Corumbataí do Sul (316), Luiziana (379), Araruna (190), Engenheiro Beltrão (379), Alto Paraná (184), Paranavaí (553), Cambira (151), Jandaia do Sul (166), Apucarana (277), Sarandi (277), Maringá (277), Mamborê (379), Quarto Centenário (505), Janiópolis (316), Peabiru (553), Terra Boa (631), Flórida (139), Borrazópolis (360), Bituruna (56), Capanema (166), Foz do Iguaçu (553), Imbituva (111), Itaperuçu (553), Matelândia (139), Pinhais (553), Piraquara (277), Santo Antônio do Sudoeste (139), São José dos Pinhais (553), São Miguel do Iguaçu (719), Alto Paraíso (231), Alto Piquiri (385), Altônia (308), Cruzeiro do Oeste (231), Esperança Nova (154), Guaíra (462), Icaraíma (308), Iporã (308), Maria Helena (231), Mariluz (385), Perobal (231), Pérola (385), Santa Isabel do Ivaí (231) e Tapejara (462).

Posts