22 estabelecimentos comerciais foram notificados durante fim de semana em Colombo - Jornal de Colombo

22 estabelecimentos comerciais foram notificados durante fim de semana em Colombo

22 estabelecimentos comerciais foram notificados durante fim de semana em Colombo

A Prefeitura Municipal informou nesta terça-feira, 14, que durante o final de semana dos dias 11 e 12 de julho, 22 estabelecimentos comerciais de Colombo foram notificados por descumprirem as normas determinadas nos decretos estaduais e municipais, que estabeleceram restrições ao comércio. A fiscalização, promovida através da Secretaria de Saúde, por meio da Vigilância Sanitária em conjunto

A Prefeitura Municipal informou nesta terça-feira, 14, que durante o final de semana dos dias 11 e 12 de julho, 22 estabelecimentos comerciais de Colombo foram notificados por descumprirem as normas determinadas nos decretos estaduais e municipais, que estabeleceram restrições ao comércio. A fiscalização, promovida através da Secretaria de Saúde, por meio da Vigilância Sanitária em conjunto com a secretaria da Fazenda, e com o suporte da Guarda Municipal e da Polícia Militar, passou pelos bairros Atuba, Campo Alto, Maracanã, Guaraituba, Jardim Eucaliptos, Alto da Cruz, Fátima, Sede, Ana Rosa, São Sebastião, Rio Verde, São Gabriel e Jardim Monza.

Não foram especificados os ramos de atuação dos estabelecimentos notificados. “Alguns locais foram alvos de denúncias realizadas pela população através dos canais oficiais, como por exemplo, as Ouvidorias de Saúde e Municipal e Guarda Municipal. Precisamos enfrentar o vírus e para isso contamos com o apoio de todos”, disse a secretária da Fazenda, Alessandra da Silva.

Após o término da validade do mais recente decreto, a expectativa é de novo anúncio da Prefeitura, que deve seguir o Governo do Estado, que anunciou que as medidas restritivas impostas pelo decreto 4942/20 não terão continuidade. No entanto, medidas de prevenção como a obrigatoriedade de uso de máscaras, necessidade de disponibilização de álcool em gel, entre outras ações, não devem ser alteradas. Dessa forma, a Prefeitura, provavelmente, continua fazendo o trabalho de orientação e fiscalização dos estabelecimentos comerciais. 

Posts