Planos de saúde registram queda de beneficiários durante a pandemia – Jornal de Colombo

Planos de saúde registram queda de beneficiários durante a pandemia

Planos de saúde registram queda de beneficiários durante a pandemia

A Agência Nacional de Saúde (ANS) divulgou nesta semana um balanço apontando que os planos de saúde no Brasil perderam 283 mil beneficiários nos meses de abril e maio deste ano. De acordo com a análise, no final de março, a rede de planos de saúde contava com 47,113 milhões de beneficiários, caindo para 46,829 milhões

A Agência Nacional de Saúde (ANS) divulgou nesta semana um balanço apontando que os planos de saúde no Brasil perderam 283 mil beneficiários nos meses de abril e maio deste ano. De acordo com a análise, no final de março, a rede de planos de saúde contava com 47,113 milhões de beneficiários, caindo para 46,829 milhões no início de maio.

Entre os motivos para esta queda, de acordo com pesquisa feita pelo Ibope de Inteligência, em parceria com a rede Nossa São Paulo, está a pandemia do novo coronavírus, que resultou na perda de renda parcial ou total de funcionários, redução na jornada de trabalho e instabilidade financeira.

Em contrapartida, a procura por clínicas populares aumentou. Esta modalidade de serviço, em geral, oferece preços abaixo de tabela para exames, consultas e atendimentos com profissionais capacitados e especializados em diferentes áreas. O Grupo Acesso Saúde, por exemplo, realizou mais de 100 mil atendimentos desde o início da pandemia. “A alta procura se deu devido o Sistema Único de Saúde (SUS) não oferecer suporte para atendimento de qualidade, além de atrasos para encaminhar resultados de exames, filas de espera para atendimentos, falta de leitos e profissionais da saúde”, opinou Antônio Carlos Brasil, fundador da companhia.

Segundo o grupo, a estimativa é que sejam atendidos mais de 300 mil pacientes até o final deste ano, nas 30 unidades da franquia espalhadas pelo país. Está prevista, ainda para 2020, a abertura de seis novas unidades. A previsão da rede é movimentar R$ 60 milhões em dezembro deste ano.

Posts