Brasil e China acertam importação de insumos para produção de vacina - Jornal de Colombo

Brasil e China acertam importação de insumos para produção de vacina

Brasil e China acertam importação de insumos para produção de vacina

Os governos de Brasil e China anunciaram nesta segunda-feira, 25, que entraram em um acordo para a importação de 5,4 mil litros de insumos para a fabricação da vacina contra a Covid-19 no Brasil pelo Instituto Butantan, em parceria com o laboratório Sinovac. De acordo com o Governo Federal, o produto fabricado na China está

Os governos de Brasil e China anunciaram nesta segunda-feira, 25, que entraram em um acordo para a importação de 5,4 mil litros de insumos para a fabricação da vacina contra a Covid-19 no Brasil pelo Instituto Butantan, em parceria com o laboratório Sinovac.

De acordo com o Governo Federal, o produto fabricado na China está previsto para chegar em solo brasileiro até o fim desta semana. “A continuidade do recebimento dos insumos para a fabricação das vacinas pelo Butantan voltou à normalidade, graças à ação diplomática do Governo Federal com o governo chinês, por intermédio da Embaixada Chinesa no Brasil. Fica aqui o nosso agradecimento a todos que ajudaram nessa liberação”, afirmou o ministro da Saúde, Eduardo Pazuello.

O embaixador da China no Brasil, Yang Wanming, destacou que o país asiático deseja manter os laços de amizade entre as duas nações. “O lado chinês está disposto a continuar a fortalecer a cooperação com o lado brasileiro no combate à doença”, disse em carta oficial.

No documento, o embaixador também informa a liberação de insumo para a produção da vacina da AstraZeneca/Oxford, que será fabricada no país pela Fundação Oswaldo Cruz (Fiocruz). O processo de liberação do insumo junto ao governo chinês está acelerado e deve ocorrer em breve.

Posts