Paraná antecipa campanha contra pólio e multivacinação - Jornal de Colombo

Paraná antecipa campanha contra pólio e multivacinação

Paraná antecipa campanha contra pólio e multivacinação

A Secretaria de Estado da Saúde (SESA) anunciou na última sexta-feira, 18, que vai antecipar o início da Campanha Nacional de Vacinação contra a Poliomielite e Multivacinação. A campanha no Paraná começa no próximo dia 28 de setembro, uma semana antes do programado para os demais estados, entre os dias 5 e 30 de outubro. De acordo com

A Secretaria de Estado da Saúde (SESA) anunciou na última sexta-feira, 18, que vai antecipar o início da Campanha Nacional de Vacinação contra a Poliomielite e Multivacinação. A campanha no Paraná começa no próximo dia 28 de setembro, uma semana antes do programado para os demais estados, entre os dias 5 e 30 de outubro.

De acordo com o órgão, o objetivo é ampliar a cobertura vacinal. “O Paraná está ampliando o período das campanhas para que os pais tenham mais oportunidade de levar os filhos aos locais de vacinação. Antecipamos o início mas seguiremos até o dia 30 de outubro, conforme o calendário nacional”, explicou o secretário Beto Preto. “Entendemos que durante a pandemia as ações de imunização devem ser reforçadas, pois as vacinas protegem contra várias doenças e salvam vidas”, acrescentou.

A Campanha Nacional de Multivacinação oferta vários tipos de vacinas para crianças e adolescentes menores de 15 anos de idade, como BCG, que previne as formas graves de tuberculose;  pentavalente,  que protege contra a difteria, tétano, coqueluche, hepatite B e influenza B;  rotavírus humano, contra a diarreia;  pneumocócica 10 , contra a pneumonia meningite e otite;  meningocócica C e ACWY, que previne contra meningites; tríplice viral, contra sarampo, caxumba e rubéola; vacina contra a varicela; vacina HPV, que previne alguns tipos de câncer em jovens; vacinas da hepatite A e hepatite B e ainda a vacina contra a febre amarela.

A Campanha Nacional de Vacinação contra a Poliomielite é dirigida a crianças de 12 meses a menores de 5 anos de idade. A população estimada no Paraná é de 583.962 crianças e a meta é atingir o índice de 95% de cobertura vacinal. Esta vacina é oral, com a aplicação de duas gotas em cada criança.

O Paraná não registra casos de pólio desde 1987, e o Brasil desde 1990. Em 1994 o país recebeu da Organização Pan-Americana da Saúde a certificação de área livre de circulação do poliovírus selvagem.

Posts