Governo do Estado apresenta desempenho econômico de 2020 - Jornal de Colombo

Governo do Estado apresenta desempenho econômico de 2020

Governo do Estado apresenta desempenho econômico de 2020

O governador Ratinho Junior apresentou nesta segunda-feira, 14, na última reunião do ano do Conselho de Desenvolvimento Empresarial e de Infraestrutura do Paraná, o desempenho econômico do Estado. O balanço foi considerado positivo, com bons indicadores econômicos, sociais e investimentos, mesmo diante da pandemia do novo coronavírus.  Mesmo em cenários negativos, como no PIB (Produto Interno

O governador Ratinho Junior apresentou nesta segunda-feira, 14, na última reunião do ano do Conselho de Desenvolvimento Empresarial e de Infraestrutura do Paraná, o desempenho econômico do Estado. O balanço foi considerado positivo, com bons indicadores econômicos, sociais e investimentos, mesmo diante da pandemia do novo coronavírus. 

Mesmo em cenários negativos, como no PIB (Produto Interno Bruto), em que o Paraná apresentou queda de 2,4% no primeiro semestre, o desempenho superou a média nacional, que aponta para uma retração de 4,5% segundo dados do Ministério da Economia. Em compensação, alguns setores, como o mercado agropecuário, tiveram crescimento. O setor teve um crescimento de 13,2% nos primeiros seis meses de 2020 e foi responsável pela exportação de US$ 15,4 bilhões de janeiro a novembro, com 9% de aumento na movimentação dos portos do Estado, com ênfase em grãos, com desempenho 12% maior do que no ano passado. “A nossa administração apoia o setor produtivo, facilitando a vida de quem gera emprego. Estamos conseguindo sair desta crise de maneira rápida, fruto de um planejamento bem executado por todos os setores do Governo do Estado. Tenho certeza que teremos um 2021 bem melhor, com desempenho mais positivo na indústria, comércio, serviços e turismo”, afirmou o governador.

Nos últimos meses, o Estado tem demonstrado sinais positivos, como a produção industrial do Paraná, que cresceu 3,4% entre setembro e outubro, o melhor desempenho do país pelo segundo mês consecutivo, de acordo com o Instituto Brasileiro de Geografia e Estatística (IBGE). Foi o sexto mês seguido de resultados positivos. A geração de empregos também teve destaque nos últimos meses. Segundo o Cadastro Geral de Empregados e Desempregados (Caged), o Paraná abriu 33.008 novos postos de trabalho em outubro, com 8.452 empregos criados na indústria de transformação, terceiro setor que mais assinou carteiras. O Estado é o segundo que mais gerou postos de trabalho em 2020, com saldo de janeiro a outubro de 33.615 novos empregos, atenuando as demissões dos primeiros meses da crise sanitária.

O Governo do Estado também destacou o investimento em obras estruturantes. Foram investidos R$ 2,9 bilhões, sendo que deste valor, mais de R$ 1,3 bilhão serão destinados diretamente aos municípios, para a requalificação de escolas, hospitais e demais ações urbanas.  “Vamos, com a ajuda da sociedade civil organizada, criar um novo Paraná”, decretou o vice-governador Darci Piana, responsável pelo plano de retomada econômica do governo. 

Participaram do encontro de forma presencial os secretários Guto Silva (Casa Civil) e João Debiasi (Comunicação Social e Cultura); e de forma virtual os secretários Ney Leprevost (Justiça, Família e Trabalho) e Renê Garcia (Fazenda); o diretor-presidente da Invest Paraná, Eduardo Bekin; o diretor-presidente da Fomento Paraná, Heraldo Neves; o vice-presidente e diretor de Operações do BRDE, Wilson Bley Lipski; além dos demais integrantes do Conselho. O Conselho de Desenvolvimento Empresarial e de Infraestrutura do Paraná tem como objetivo principal pensar o Estado para os próximos trinta anos. São 39 integrantes, divididos entre agentes do governo e do setor produtivo, dos mais diversos segmentos e de todas as regiões do Paraná.

Posts