Governo distribui cestas básicas no Dia Mundial do Refugiado - Jornal de Colombo

Governo distribui cestas básicas no Dia Mundial do Refugiado

Governo distribui cestas básicas no Dia Mundial do Refugiado

No último sábado, 20 de junho, foi comemorado o Dia Mundial do Refugiado. Para celebrar a data, o Centro de Informações para Migrantes, Refugiados e Apátridas do Paraná (Ceim-PR), da Secretaria da Justiça, Família e Trabalho, viabilizaram uma doação de 510 cestas básicas e 100 bolos para migrantes e refugiados, entregues pelo Governo do Estado.

No último sábado, 20 de junho, foi comemorado o Dia Mundial do Refugiado. Para celebrar a data, o Centro de Informações para Migrantes, Refugiados e Apátridas do Paraná (Ceim-PR), da Secretaria da Justiça, Família e Trabalho, viabilizaram uma doação de 510 cestas básicas e 100 bolos para migrantes e refugiados, entregues pelo Governo do Estado. Foram beneficiados os migrantes e refugiados atendidos e cadastrados no Centro. Entre eles estavam famílias e comunidades angolanas, haitianas, venezuelanas e cubanas. A ação contou com a parceria da Defesa Civil, da Superintendência Geral de Ação Solidária do Paraná e de uma confeitaria da Capital, que fez a doação dos bolos.

“Poder distribuir essas cestas sabendo das necessidades dessas pessoas, ainda mais no cenário de pandemia, mostra que precisamos ter um olhar diferenciado sobre essas comunidades, um olhar mais humano e simples, porque a maior experiência é poder somar com eles”, declarou a coordenadora da Política Estadual do Apoio ao Migrante, Refugiado e Apátridas, Silvia Xavier. “O Paraná recebe muitos imigrantes e refugiados, das mais diversas nações. Sabemos que essa população enfrenta muitas dificuldades e precisamos oferecer nosso apoio. Desta vez conseguimos fazer a distribuição de cestas básicas, mas esperamos avançar cada vez mais na assistência aos refugiados e migrantes”, destacou o secretário da Justiça, Família e Trabalho do Governo do Paraná, Eder Colaço.

Vinculado à Secretaria da Justiça, Família e Trabalho, o Centro de Informações para Migrantes, Refugiados e Apátridas do Paraná é um dos locais de apoio mais procurados pelos estrangeiros que vêm ao Estado, chegando a fazer mais de 1.500 atendimentos por mês, antes da pandemia de Covid-19. O Centro se dedica diariamente a fornecer informações aos migrantes ou refugiados que chegam a Curitiba quanto ao acesso aos serviços públicos.

Posts