XV de Novembro é campeão da Copa 40 Anos da Liga - Jornal de Colombo

XV de Novembro é campeão da Copa 40 Anos da Liga

XV de Novembro é campeão da Copa 40 Anos da Liga

XV de Novembro e Rio Verde se enfrentaram no estádio Lordes Geraldo para a final da Copa 40 Anos da Liga de Colombo de Futebol. Com casa cheia e uma partida eletrizante do início ao fim, o Alvinegro do Atuba conseguiu conquistar a vitória pelo placar de 3 a 2 e levantou o troféu ao

XV de Novembro e Rio Verde se enfrentaram no estádio Lordes Geraldo para a final da Copa 40 Anos da Liga de Colombo de Futebol. Com casa cheia e uma partida eletrizante do início ao fim, o Alvinegro do Atuba conseguiu conquistar a vitória pelo placar de 3 a 2 e levantou o troféu ao fim da partida.

Antes da partida principal, porém, houve uma disputa preliminar entre funcionários da Semec (Secretaria Municipal de Esporte, Cultura, Lazer e Juventude), incluindo o secretário Ratinho Gotardo, que envergou a camisa 9, e um time formado por presidentes e integrantes das diretorias dos clubes filiados à Liga, contando também com o presidente da LCF, Ademir Ribeiro de Souza, o Parafa. Em clima festivo, as duas equipes empataram em 2 a 2. Dinei, presidente do Imperial, abriu o placar para o time vestido com as cores do Ana Terra. Dionata e Vanderlei viraram o placar para a esquadra que fardava a camisa do Bola de Ouro. E Rodrigues empatou a partida.

Findado o jogo festivo, teve início o duelo decisivo da Copa 40 Anos. O início da partida foi bastante truncado, com ambos os times tendo dificuldade para trabalhar a bola. Assim, o jeito foi apostar na bola parada. Em cobrança de escanteio, o zagueiro e capitão alvinegro Du se adiantou em direção à primeira trave e saltou, desviando a bola para o fundo do gol.

No início da segunda etapa, novamente na bola parada, Bitoca teve uma cobrança de falta lateral. O goleiro Eron se preparava para sair do gol em um eventual cruzamento, mas Bitoca bateu direto e surpreendeu o arqueiro adversário. 2 a 0 para o XV e título quase na mão.

Mas futebol é uma caixinha de surpresas. Quem achou que o Rio Verde se entregaria, se enganou. Em um lance confuso da entrada da área, Xuxinha acabou acertando a bola para o lado do próprio gol e encobriu o goleiro André. Gol contra que manteve o Rio Verde na parada.

Após diminuir o marcador, o Rio Verde se lançou totalmente ao ataque, e perdeu em sequência três chances de gol incríveis. Mais uma vez, parecia que a tarde de festa alvinegra estava garantida. Outro engano. Cadu, o grande destaque da competição, recebeu cara a cara com o goleiro e deixou tudo igual.

A partida estava em um momento totalmente favorável ao Rio Verde. Só que o imponderável faz parte do futebol. E em pouco mais de um minuto após sofrer o empate, Bitoca teve outra falta lateral, dessa vez de mais longe. O camisa 10 arriscou o chute direto e mais uma vez marcou um golaço, desta vez fechando de vez o placar da final.

Premiação

O prefeito Helder Lazarotto participou da cerimônia de premiação, e foi ele quem entregou o troféu de campeão ao capitão Du, do XV. O capitão do Rio Verde, Thiago, recebeu o troféu de vice-campeão, enquanto a diretoria do Ana Terra levou o troféu de terceiro lugar. O Troféu Disciplina ficou com a equipe do Alto da Cruz. A defesa menos vazada foi o XV de Novembro, enquanto a artilharia ficou dividida entre Cadu, do Rio Verde, e Alisson, do Bola de Ouro.

Ficha técnica

O XV de Novembro jogou a final com: André; Daniel, Du, Hudson e Juninho; Zé Nunes, Rodriguinho, Patrick e Bitoca; Marcelinho Amendoim e Wesley. Estiveram no banco Jack, Luciano, Moisés, Xuxinha, Xuxu, Dennis, Leomar, Macaco e Cainho. Técnico: Gabriel Pereira. Presidente: Celso Cordeiro.

Já o Rio Verde foi a campo com: Eron; Eure, Mineiro, Pablo e Dudu; Amaral, Thiago, Cleiton e Didi; John e Cadu. No banco estavam Garça, Garrafa, Beto, Titi, Quirino, Maiquinho, Felipe Espírito Santo e Fabiano.  Técnico: Cote. Presidente: Reinaldo Tormes.

Posts