Smelj lança campanha de doação de sangue - Jornal de Colombo

Smelj lança campanha de doação de sangue

Smelj lança campanha de doação de sangue

Com a diminuição de doações de sangue, principalmente pelo momento de pandemia e isolamento social, o estoque do banco de sangue do Centro de Hematologia e Hemoterapia do Paraná (Hemepar) está baixo. Com o intuito de mudar este panorama, a Secretaria Municipal do Esporte, Lazer e Juventude (Smelj) de Curitiba lançou nesta segunda-feira, 13, a

Com a diminuição de doações de sangue, principalmente pelo momento de pandemia e isolamento social, o estoque do banco de sangue do Centro de Hematologia e Hemoterapia do Paraná (Hemepar) está baixo. Com o intuito de mudar este panorama, a Secretaria Municipal do Esporte, Lazer e Juventude (Smelj) de Curitiba lançou nesta segunda-feira, 13, a campanha Doe Sangue pelo Esporte.  “A nossa campanha é sempre feita no mês de julho, quando ocorre queda nas doações por causa do inverno. Neste ano, em razão da pandemia do coronavírus, resolvemos adiantar”, explicou o secretário da pasta, Emilio Trautwein.

Para evitar aglomerações, as coletas de sangue no Hemepar estão sendo feitas somente após agendamento pelo telefone (41) 3281-4000 ou pela internet. Na hora do agendamento para a doação basta informar que quer participar da campanha. Além do período da campanha, outra mudança em relação a anos anteriores é que não serão sorteadas camisas autografadas dos três times de futebol profissional da capital – Athletico, Coritiba e Paraná Clube. Os atletas curitibanos que são atendidos pelo Programa de Incentivo ao Esporte da Prefeitura estão convidados a ajudar. A ação será considerada como contrapartida social, um dos requisitos previstos no programa esportivo. Dúvidas e outras informações podem ser obtidas com o Departamento de Incentivo do Esporte da Smelj pelo telefone (41) 3350-3758.

Outras ações

Seguindo o mesmo preceito de contrapartida social, a Smelj já havia realizado uma ação social voltada ao momento de dificuldade causado pelo coronavírus. Na última semana, em apenas três dias, atletas e entidades esportivas da capital arrecadaram 700 peças de roupas e calçados (cerca de 147 quilos), além de 347 quilos de alimentos e 68,6 quilos de materiais de limpeza, como detergente, água sanitária e sabão em pó. “Neste momento, nós atletas ficamos felizes em poder doar e retribuir tudo o que o esporte nos deu na nossa carreira. Todos os amantes do esporte devem também entrar neste time solidário”, disse na ocasião a ginasta Bárbara Domingos, beneficiada pela Lei de Incentivo ao Esporte. O órgão municipal também está mobilizando os atletas incentivados da cidade a trabalharem como voluntários da Defesa Civil de Curitiba. Qualquer cidadão pode se tornar voluntário e ajudar a Defesa Civil na operação de combate ao coronavírus. Para isso, é necessário acessar o site da Prefeitura e preencher o Termo de Adesão ao Serviço Voluntário.

Posts