Curitiba premia atletas das corridas de rua, do ciclismo e dos Jogos Escolares - Jornal de Colombo

Curitiba premia atletas das corridas de rua, do ciclismo e dos Jogos Escolares

Curitiba premia atletas das corridas de rua, do ciclismo e dos Jogos Escolares

Os campões de 2019 do Circuito Infantil e Adulto de Corridas de Rua da Prefeitura de Curitiba, dos Jogos Escolares e da Copa Curitiba de Ciclismo foram premiados, na noite da última quarta-feira, 19, em cerimônia promovida pela Secretaria do Esporte, Lazer e Juventude (Smelj). Cerca de 300 pessoas, entre atletas, paratletas, familiares e amigos,

Os campões de 2019 do Circuito Infantil e Adulto de Corridas de Rua da Prefeitura de Curitiba, dos Jogos Escolares e da Copa Curitiba de Ciclismo foram premiados, na noite da última quarta-feira, 19, em cerimônia promovida pela Secretaria do Esporte, Lazer e Juventude (Smelj). Cerca de 300 pessoas, entre atletas, paratletas, familiares e amigos, compareceram à premiação no Salão de Atos do Parque Barigui. 

De acordo com a Prefeitura, as provas gratuitas de corridas de rua e ciclismo e os Jogos Escolares envolveram 53.800 atletas em 2019. No ano passado, a secretaria promoveu 687 ações de esporte e lazer e 34 grandes eventos. Todas essas ações, incluindo as corridas e provas ciclísticas que tiveram os atletas premiados na noite desta quarta, atingiram 620 mil pessoas. “A cidade se movimentou muito em 2019 e vocês são um exemplo disso. O esporte transforma as pessoas e salva vidas. O foco da Smelj agora em 2020 é ampliar as ações e inovar. Vem coisa boa por aí”, afirmou Trautwein.

Entre os premiados, boas histórias puderam ser registradas, como a do educador físico Gustavo Nogas, de 33 anos. O atleta foi campeão do Circuito Adulto de Corridas de Rua na categoria 30 a 34 anos. O talento esportivo vem de berço, já que a mãe de Gustavo, Maria Luiza Nogas, de 65 anos, é campeã na sua respectiva categoria nos últimos cinco anos. “Eu participo das corridas de rua da Prefeitura desde 2010. Aumentou bastante o número de pessoas nas provas. O esporte cresceu, era natural que o circuito crescesse, pois ele é gratuito. Esse incentivo da Prefeitura é essencial. Tem muita gente que não tem condições e mesmo para quem tem é um diferencial fazer uma prova gratuita. Eu faço porque valorizo isso e incentivo os meus alunos a participarem também. Essa manutenção das corridas fomenta o esporte na cidade”, opintou Gustavo.

Posts