Atletas curitibanos arrecadam mais de uma tonelada de doações - Jornal de Colombo

Atletas curitibanos arrecadam mais de uma tonelada de doações

Atletas curitibanos arrecadam mais de uma tonelada de doações

Foi realizada nesta sexta-feira, 17, a entrega da segunda doação de alimentos, roupas e materiais de higiene e limpeza por parte dos atletas e instituições esportivas de Curitiba beneficados pelo Programa de Incentivo ao Esporte da Prefeitura. Mais de uma tonelada (1,68) de doações foram arrecadados desde o último dia 13 e destinados ao Disque

Foi realizada nesta sexta-feira, 17, a entrega da segunda doação de alimentos, roupas e materiais de higiene e limpeza por parte dos atletas e instituições esportivas de Curitiba beneficados pelo Programa de Incentivo ao Esporte da Prefeitura. Mais de uma tonelada (1,68) de doações foram arrecadados desde o último dia 13 e destinados ao Disque Solidariedade da Fundação de Ação Social (FAS).

Por item, foram 5.425 peças de roupas (775 quilos), 709 quilos de alimentos e 196 quilos de materiais de higiene e limpeza. Na semana passada, a Secretaria Municipal do Esporte, Lazer e Juventude (Smelj) já havia enviado para a FAS outro caminhão com meia tonelada de doações para o Disque Solidariedade. Dessa vez participaram 84 atletas beneficiados pelo Programa de Incentivo ao Esporte, como o campeão mundial de street luge, Alexandre Cerri, e Anderson dos Santos paratleta que ganhou medalha de ouro com a Seleção Brasileira de Vôlei Sentado no Parapan-Americano em Lima, no Peru, em 2019. 

O secretário municipal do Esporte, Lazer e Juventude, Emilio Trautwein; o diretor de Incentivo ao Esporte, Thiago Soares; e servidores da Smelj e da FAS também participaram da ação nesta sexta. A ação da Smelj vai continuar até o fim do combate à pandemia do novo coronavírus em Curitiba.

O órgão também está promovendo entre os atletas outras duas campanhas. Uma é a campanha Doe Sangue pelo Esporte para reforçar o estoque do banco de sangue do Centro de Hematologia e Hemoterapia do Paraná (Hemepar), enquanto a outra mobiliza os atletas para trabalharem de forma voluntária junto à Defesa Civil de Curitiba.

Posts