A história dos participantes da Copa Jornal de Colombo - Final - Jornal de Colombo

A história dos participantes da Copa Jornal de Colombo – Final

A história dos participantes da Copa Jornal de Colombo – Final

Enfim, chegamos à última parte da reportagem especial que contou um pouco da história dos doze clubes participantes da Copa Jornal de Colombo, o maior torneio independente de futebol de campo do nosso município. Em 2020, a competição teve a realização de duas rodadas antes da paralisação forçada por conta da pandemia. Apesar de não

Enfim, chegamos à última parte da reportagem especial que contou um pouco da história dos doze clubes participantes da Copa Jornal de Colombo, o maior torneio independente de futebol de campo do nosso município. Em 2020, a competição teve a realização de duas rodadas antes da paralisação forçada por conta da pandemia. Apesar de não existir previsão de volta, as equipes permanecem ansiosas em buscar o troféu da competição. Nesta edição, falaremos sobre a ADESP, o Grêmio Colombense e o Bayern.

ADESP

A Associação Desportiva Paranaense foi fundada no ano de 2017 com uma proposta muito além dos gramados de futebol. “A ADESP foi criada para ser um clube diferenciado, sendo um clube que além do futebol, em todas as categorias, trabalha também com o esporte paralímpico, como o rugby em cadeira de rodas e a bocha”, conta o presidente da agremiação, James França, que junto com sua família idealizou o clube. A ADESP já havia participado da Copa JC no ano passado, caindo nas quartas-de-final. Neste ano, a equipe teve uma derrota, na estreia, e uma vitória. Apesar da curta história, a ADESP tem conquistado importantes resultados, como o título de campeã do primeiro torneio de futebol de campo de futebol feminino de Colombo, que precedeu a estreia da modalidade na Liga de Colombo, em que o time foi terceiro colocado, assim como na Taça das Favelas. Além disso, já foi vice-campeão do Master 45 e vice-campeão na Série Prata da Liga de Colombo, logo na primeira vez em que participou, conquistando o acesso para a primeira divisão local. OS patrocinadores da equipe são a Clínica de Estética e Massoterapia Terezinha e a JF Construções.

Grêmio Colombense

O tricolor do São Sebastião é uma das agremiações mais tradicionais que estão entre as participantes da Copa JC. Atualmente presidido por José Aparecido Gotardo, mais conhecido como Ratinho de Colombo, o Grêmio Colombense tem em sua história diversos títulos. A equipe foi vice-campeão da Série Prata da Liga de Colombo em 1987, logo em sua segunda participação, conquistou o título da Copa Folha de Colombo em 2002, foi campeão da Liga de Colombo Master em 2008, e nos anos de 2003 e 2007 foi o melhor time da cidade levando o troféu da Série Ouro da Liga de Colombo. A equipe teve início no longínquo ano de 1972, sendo formada pelos primeiros moradores do bairro onde está sediado, mas apenas em 1986 é que foi constituído oficialmente como Grêmio Esportivo Colombense. 

Bayern

Por fim, encerramos o especial com uma das equipes estreantes no certame, o Bayern. Obviamente inspirado no homônimo alemão, o clube usa também as cores do clube multicampeão europeu e já tem cinco anos de existência. “No começo de 2015 decidimos fazer um time de futebol de sintético com o pessoal que jogávamos aos domingos. Fomos convidando uns aqui, outros ali e começamos a marcar amistosos. Vimos que ia dar certo e seis meses depois optamos pelo nome de Bayern”, conta Laércio, um dos diretores da equipe. Até o momento, o time participou das duas primeiras edições da Copa Curitiba de Várzea, nos anos de 2018 e 2019, e vinha fazendo sua estreia na Copa Jornal de Colombo. Nos dois primeiros jogos, foram um empate e uma derrota. 

Posts