Ao Sertanejo - Jornal de Colombo

Ao Sertanejo

Gostoso é ouvir este somSimples e sem malícia,Que tem cheiro de terraCantado por quem vive nela. Neste campo verdejante,Cheirando a capim molhado,Entre cantos e sorrisosExibem o suor derramado. Na enxurrada e na secaFestejam o mesmo sofrer,Compartilham entre elesUm novo florescer. Este é o camponêsCuidando de sua rês,Tirando proveito da terraEsperando sua vês. Elba KhadijaPoetisa e

Gostoso é ouvir este som
Simples e sem malícia,
Que tem cheiro de terra
Cantado por quem vive nela.

Neste campo verdejante,
Cheirando a capim molhado,
Entre cantos e sorrisos
Exibem o suor derramado.

Na enxurrada e na seca
Festejam o mesmo sofrer,
Compartilham entre eles
Um novo florescer.

Este é o camponês
Cuidando de sua rês,
Tirando proveito da terra
Esperando sua vês.

Elba Khadija
Poetisa e artista

Posts