Finalmente, escrivães de polícia são convocados para posse - Jornal de Colombo

Finalmente, escrivães de polícia são convocados para posse

Quero saudar o governo estadual que autorizou a nomeação de 186 candidatos aprovados em concurso público de 2018 para o cargo de Escrivão de Polícia, do Quadro Próprio de Pessoal da Polícia Civil do Paraná. A convocação foi publicada no Diário Oficial do Estado da terça-feira da semana passada, dia 10. Esta é uma conquista

Quero saudar o governo estadual que autorizou a nomeação de 186 candidatos aprovados em concurso público de 2018 para o cargo de Escrivão de Polícia, do Quadro Próprio de Pessoal da Polícia Civil do Paraná. A convocação foi publicada no Diário Oficial do Estado da terça-feira da semana passada, dia 10. Esta é uma conquista que deve ser comemorada por representar as primeiras contratações de escrivães depois de um longo período.

Os escrivães fazem parte de uma das carreiras com maiores deficiências de pessoal na estrutura da nossa Polícia Civil. Ao tomar posse como deputado estadual em maio de 2017, um de meus primeiros atos foi enviar um requerimento ao governo solicitando a realização de concurso para escrivães de polícia. A seleção foi realizada em 2018 e recebeu 41.163 inscrições. Foram aprovados 633 profissionais, após cinco fases de provas.

Os escrivães nomeados iniciarão um curso de capacitação na Escola Superior da Polícia Civil e depois serão distribuídos nas delegacias de Curitiba, RMC e interior do Estado, conforme a necessidade. Além dos nomeados agora, outros 14 profissionais ainda deverão ser chamados, completando as 200 primeiras vagas a serem preenchidas por este concurso, cuja validade foi prorrogada até agosto de 2022 por causa da pandemia.

Desde a realização do concurso, em 2018, me reuni com representantes dos aprovados e também com autoridades estaduais pedindo a urgente contratação desses servidores. Além das dificuldades administrativas e financeiras, a pandemia da Covid-19 também provocou a demora da conclusão desse processo. De todo modo, fico muito contente com essas contratações mas precisamos continuar lutando para reestruturar as nossas polícias.

CAMPINA GRANDE DO SUL – Quero também parabenizar a operação do COPE, da Polícia Civil, realizada em Campina Grande do Sul na semana retrasada, em que um policial foi baleado, com o objetivo de prender uma quadrilha de assaltantes de bancos e carros fortes. O confronto aconteceu no momento em que o bando realizava uma transferência de armas para outra quadrilha.

Duas mulheres foram presas e apreendidas armas de grosso calibre, fuzis, munições, roupas táticas e farto material. Foi um trabalho de inteligência que durou praticamente dois meses. Infelizmente, um policial foi alvejado mas está fora de perigo. O COPE realizou um cerco na chácara onde os bandidos estavam escondidos e, no momento em que chegou um veículo BMW, foi iniciada a abordagem, quando houve a reação e iniciou-se uma troca de tiros. 

Alguns bandidos conseguiram escapar e se esconderam no meio da mata, culminando assim com a prisão de duas mulheres. Parabenizo todos os policiais do COPE envolvidos, na pessoa do delegado-chefe Rodrigo Brow, por mais esta operação exitosa.

 *Rubens Recalcatti é deputado estadual pelo PSD
dep.delegadorecalcatti@gmail.com
https://www.instagram.com/delegadorubensrecalcatti/
https://www.facebook.com/DelegadoRecalcatti/
https://www.recalcatti.com.br/

Posts