Governo formaliza convênio e libera R$20 milhões para construção do Hospital de Colombo - Jornal de Colombo

Governo formaliza convênio e libera R$20 milhões para construção do Hospital de Colombo

Governo formaliza convênio e libera R$20 milhões para construção do Hospital de Colombo
Projeto entra agora na fase de licitação, com o início das obras previstas para a metade do ano(Foto: Jonathan Campos/AEN)

Obra orçada em mais de R$ 67 milhões terá R$ 47 milhões de recursos próprios do município.

Na manhã de quarta-feira (16), o Governador do Paraná, Carlos Massa Ratinho Júnior, acompanhado de autoridades estaduais, esteve no pavilhão de eventos do Bosque da Uva para a assinatura do convênio com a Prefeitura de Colombo que garante 20 milhões de reais para a construção do Hospital Geral do município.

O hospital será erguido no Jardim Monza, na região do Alto Maracanã, e contará com mais de 13 mil metros quadrados de área construída, sendo uma referência em saúde não só para os moradores de Colombo, mas para todos os habitantes da parte norte da Região Metropolitana de Curitiba.

Serão cinco pavimentos, além de área técnica e mais dois já projetados para ampliação futura. Nesta primeira fase, o empreendimento contará com 95 leitos de internação geral para adultos, 21 de internação pediátrica e dez UTIs adulto, totalizando 126 leitos. Além disso, o Hospital Geral de Colombo terá quatro salas cirúrgicas para várias especialidades, com capacidade de realizar cerca de 400 cirurgias por mês.

Próxima etapa do projeto é a abertura do processo licitatório para que a empresa contratada possa iniciar as obras de construção. (Foto: Daiana Nodari/PMC)

Também serão construídos nove consultórios em diversas especialidades, como clínica médica, cirurgia geral, pediatria, ortopedia, vascular, urologia, anestesiologia e nutrição ambulatorial, além de salas para exames laboratoriais e de imagem.

O Hospital Geral de Colombo terá a capacidade de realizar cerca de 7.200 consultas mensais e as enfermarias e quartos da unidade poderão internar até 869 pacientes adultos mensais e mais 192 pediátricos. Já a UTI poderá receber até 75 pessoas por mês.

O prefeito Hélder Lazarotto ressaltou a importância deste momento: “Hoje foi um grande passo de muitos, porque até aqui já se trabalhou muito nos projetos. Mas foi um passo importante, que é o primeiro convênio de repasse do Estado para que a gente possa fazer a licitação da obra e quem sabe até o final do primeiro semestre a gente já possa iniciar a construção desse projeto que é aguardado há mais de cem anos pela população colombense”, afirmou o prefeito.

Segundo um dos coordenadores do projeto no município, Osvaldo Tchaikovski Junior, com a assinatura do convênio, a Prefeitura dará início aos trâmites legais, como a publicação do edital e etapas da licitação para a contratação da empresa responsável pela obra e assinatura do contrato para o início dos trabalhos.

Com o dinheiro em caixa, a Prefeitura deve abrir o processo licitatório já nos próximos dias que, normalmente, corre num prazo de 45 a 60 dias, possibilitando a contratação da empresa para que de maneira efetiva se iniciem as obras de construção. A expectativa das autoridades é que os trabalhos comecem entre o final do primeiro e começo do segundo semestre de 2022. A previsão de entrega da construção é de 24 meses após a contratação da empresa.

O evento foi aberto ao público e contou com a presença maciça da população colombense. (Foto: Daiana Nodari/PMC)

“Esse investimento é a realização de um grande sonho para a população e para nós gestores públicos porque Colombo era uma das poucas cidades do Brasil acima de 200 mil habitantes que não tinha um hospital próprio de grande porte para atender a cidade”, destacou o Governador Ratinho Júnior.

Além da liberação dos valores oriundos do Estado, a construção do Hospital de Colombo contará também com recursos do próprio município. Inclusive, a maior parcela destes recursos vem dos cofres municipais, que custearão mais de R$ 47 milhões para a concretização do projeto.

O secretário estadual da Saúde, Beto Preto, também esteve presente no evento e afirmou que o novo hospital dará uma condição mais digna aos moradores de Colombo e da Região Metropolitana. “O cidadão do município tinha que ir para Curitiba, para Campo Largo, para outros municípios, para uma cirurgia simples. Esse hospital é um sonho antigo de Colombo e agora também faz parte do trabalho que estamos planejando para o pós-pandemia. Nos próximos anos temos alguns desafios importantes para vencer, como a fila das cirurgias eletivas”, afirmou o secretário.

Além dos recursos públicos, a execução do Hospital de Colombo contou também com aporte da Volkswagen que, por intermédio da Santa Casa de Curitiba, investiu R$ 835 mil para a contratação do projeto executivo da obra. A viabilização do projeto é fruto das contrapartidas do Protocolo de Intenções firmado entre a Volkswagen do Brasil e o Governo do Estado do Paraná em 2013, dentro do programa Paraná Competitivo.

“Poder contribuir, em conjunto com os órgãos do Governo, com esta entrega na área da saúde é muito gratificante para nós que atuamos no Estado do Paraná”, destacou Luiz Henrique Bezerra, gerente de Assuntos Governamentais da Volkswagen.

Além das autoridades já mencionadas anteriormente, participaram da solenidade o chefe da Casa Militar, tenente-coronel Sérgio Vieira; o secretário estadual da Justiça, Família e Trabalho, Ney Leprevost; o superintendente-geral de Diálogo e Interação Social, Mauro Rockembach; o diretor-geral da Secretaria da Saúde, Nestor Werner Junior; o diretor da Comec, Gilson Santos; o presidente da Assembleia Legislativa do Paraná, Ademar Traiano; os deputados federais Luciano Ducci e Aroldo Martins; os deputados estaduais Guto Silva, Alexandre Curi, Soldado Adriano José, Luís Carlos Martins e Ricardo Arruda; o vice-prefeito de Colombo, Professor Alcione; prefeitos da Região Metropolitana de Curitiba; além de vereadores e secretários municipais de Colombo.

Estiveram presentes na solenidade deputados federais e estaduais, secretários de Estado e representantes do Poder Público Municipal de Colombo. (Foto: Daiana Nodari/PMC)

Posts